segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Domingo de possibilidades no Brasileiro: hepta, novo líder ou quatro pelo título

Combinação de resultados pode decretar hepta do São Paulo, mas Fla briga pela liderança, enquanto Palmeiras e Inter lutam para seguir vivosDez jogos simultâneos. Às 17h deste domingo (horário de Brasília), tem início a 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, que pode tanto decretar o heptacampeonato do São Paulo quanto ver o Flamengo assumir a ponta e, até mesmo, terminar com Inter e Palmeiras de volta à briga pelo título. Na parte de baixo da tabela, seis clubes tentam garantir mais uma semana de fôlego na briga contra o rebaixamento na competição.

As esperanças são-paulinas se apoiam em uma combinação de tropeços dos concorrentes: além de ter de vencer o Goiás, no Serra Dourada, o líder Tricolor, com 62 pontos, torce por uma derrota do Fla e para que Palmeiras e Inter não vençam suas partidas.

- Precisamos manter o equilíbrio durante os 90 minutos. Não mostramos o nosso verdadeiro futebol nos começos das partidas. E isso preocupa contra o Goiás. Afinal, eles já demonstraram no jogo contra o Flamengo que entrarão em campo buscando a vitória – disse o técnico tricolor Ricardo Gomes.

Na cola do time do Morumbi, com 61 pontos, o Rubro-Negro encara o Corinthians, em Campinas. A equipe, que foi surpreendida pela perda de seu artilheiro Adriano às vésperas do duelo com Ronaldo e Cia., sonha com um novo tropeço do Tricolor. Na rodada passada, os paulistas perderam para o Botafogo e deixaram o caminho livre para que o time da Gávea assumisse a liderança. Oportunidade esta que não foi aproveitada, já que os cariocas empataram sem gols com o Esmeraldino diante de um Maracanã lotado.

Dois outros duelos completam a briga pelo posto mais alto da classificação. No Palestra Itália, o Verdão, com 59 pontos – atacado em uma emboscada no fim da tarde deste sábado –, recebe o Atlético-MG, com 56, em confronto direto por uma vaga na Libertadores. O Colorado, também com 59, vai à Ilha do Retiro encarar o já rebaixado Sport.

Palmeiras vence, com golaço de Diego Souza, e segue na briga pelo título

Time faz o placar no primeiro tempo, sobe para o terceiro lugar e acaba com as chances do Atlético-MG de ir à LibertadoresAs esperanças do Palmeiras de conquistar o título do Campeonato Brasileiro foram reativadas na tarde deste domingo. No último encontro com a sua torcida na temporada, o time venceu o Atlético-MG por 3 a 1 e derrubou um concorrente na briga por uma vaga na Taça Libertadores de 2010. Chegou à terceira colocação, com 62 pontos, dois atrás do líder Flamengo, e está empatado com o Internacional, que tem maior número de vitórias (18 contra 17). No próximo domingo, além de precisar derrotar o Botafogo no Engenhão, torcerá por tropeços do Flamengo para o Grêmio e do Inter para o Santo André para ser campeão.

Até o empate do Fla com o Grêmio seria bom resultado em caso de triunfo do Verdão, já que o Rubro-Negro e o Palmeiras ficariam igualados em pontos ganhos e vitórias, mas os cariocas perderiam no critério de desempate de saldo de gols - o clube paulista tem um a mais. Sem qualquer pretensão, com 56 pontos, o Atlético-MG se despedirá da sua torcida contra o Corinthians, em Belo Horizonte. Todos os jogos serão às 17h de domingo.

Quem foi ao Palestra Itália ainda viu uma obra-prima de Diego Souza, que aproveitou uma bola interceptada por Carini e fez um gol de quase do meio-campo. Cleiton Xavier e Vagner Love também marcaram, com Diego Tardelli anotando para os visitantes.

Na penúltima rodada, Fla assume a ponta e vira favorito para o título brasileiro

Inter, Palmeiras e São Paulo seguem com chances. Na luta contra o rebaixamento, o Flu pode até empatar com o Coritiba na última rodadaApós 37 rodadas, o Flamengo assumiu pela primeira vez a liderança do Campeonato Brasileiro. Justamente na hora decisiva. Depois de deixar a chance escapar no último fim de semana, o Rubro-negro não bobeou desta vez. Venceu o Corinthians por 2 a 0 e contou com o tropeço do São Paulo. Com 64 pontos, dois a mais que os rivais, o time carioca vai entrar na última rodada só dependendo de si para ser campeão. O Flamengo encara o Grêmio, no Maracanã, e todos os ingressos reservados para a torcida rubro-negra já foram vendidos.

Após uma rodada eletrizante, com o recorde de gols em 2009 - 44 - quatro clubes vão para a última rodada com chance de conquistar o título. Mas o Rubro-negro está com a mão na taça. Segundo o matemático Tristão Garcia, o time carioca tem 76% de chance de conquistar o título. O Internacional tem 18% e Palmeiras e São Paulo aparecem com só 3%.

A rodada também foi boa para outro carioca. O Fluminense saiu da zona de rebaixamento após 24 rodadas. O Tricolor vai para a última rodada precisando apenas de um empate com o Coritiba para escapar da Série B. Algo que o Atlético-PR conseguiu neste domingo vencendo o Botafogo em casa. O Alvinegro entrou na zona de degola, mas também só depende de si para se livrar do fantasma. Uma vitória sobre o Palmeiras, na última rodada, garante a permanência na Série A.

Governador Eduardo Campos e Tucanos

A es­tra­té­gia do Palácio do Campo das Princesas de “cor­te­jar” os pre­fei­tos opo­si­cio­nis­tas ficou bem clara nesta úl­ti­ma gran­de ma­ra­to­na pelo Interior. Foi assim em seis dos 19 mu­ni­cí­pios per­cor­ri­dos pelo go­ver­na­dor Eduardo Campos (PSB): Buíque, Iatí­ba, Manari, Poção, Belo Jar­dim e São Bento do Una. Ad­mi­nis­trados por in­te­gran­tes do gru­po li­de­ra­do pelo de­pu­ta­do es­ta­­dual Claudiano Mar­tins (PSDB), que não es­con­deu a “sim­pa­tia” pelo go­ver­na­dor, as três pri­mei­ras ci­da­des já foram in­clu­sas pelo Palácio na “cota” do go­ver­no. As três úl­ti­mas, ge­ri­das pelo DEM e PMDB, ape­sar de mais di­fí­ceis, não foram des­car­ta­das pelos “eduar­dis­tas”.No do­min­go, em Itaíba, Claudiano Martins re­ve­lou que não teria ne­nhum pro­ble­ma em votar em Eduardo Campos, desde que o se­na­dor Sérgio Guerra (PSDB) ava­li­ze. Pesa a favor do so­cia­lis­ta, além das ações anun­cia­das no mu­ni­cí­pio, o fato de Claudiano já ter sido alia­do do ex-go­ver­na­dor Miguel Arraes, na sua ter­cei­ra ges­tão. Basta que o de­pu­ta­do de­cla­re apoio a Campos, que os pre­fei­tos Jonas Camêlo (PSDB/Buí­que), Marivaldo Bis­po (PSDB/ Itaí­ba) e Otaviano Martins (PSB/ Manari) sigam o par­la­men­tar.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO