terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Após agressão a Vagner Love, Palmeiras estuda reforçar segurança de jogadores

Jogador foi agredido por torcedores na porta de agência bancária.
A polícia conseguiu prender os três suspeitos de agressão.Após o jogador Vagner Love ter sido agredido por três torcedores na saída de um banco em Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo, nesta terça-feira (1º), o Palmeiras estuda reforçar a segurança dos jogadores do time.
“Nenhum jogador, incluindo o Vagner Love, tem esquema de segurança, mas acredito que isso deva mudar”, disse o responsável pela comunicação do clube, Helder Bertazzi, na porta do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), onde Love foi depor e identificar os suspeitos na noite desta terça. Ainda não se sabe se o jogador já fez o exame de corpo de delito.
Love chegou em um carro com os vidros filmados por volta das 18h35 e foi direto para o interior da delegacia após entrar no estacionamento do DHPP. Cinco funcionários do Palmeiras entraram logo depois em uma kombi.
Segundo uma testemunha ouvida pelo Globoesporte.com, os torcedores perguntaram: "E aí, negão? Vai fazer gol ou não?". Ainda de acordo com a testemunha, o jogador teria, então, chamado os torcedores para a briga e trocado socos e pontapés com eles. Um vigilante da agência ouvido pela reportagem contou que o trio entrou em um carro preto e ameaçou o jogador de morte: "Vamos voltar e te pegar na bala".

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO