segunda-feira, 12 de julho de 2010

Os Blogs e as eleições 2010 - regras e leis

Agora que as festas passaram e a Copa da África do Sul 2010 já passou (as vuvuzelas estão caladas), voltamo-nos para a rotina de nosso país. E estamos na reta de eleições majoritárias. Como os blogs e redes-sociais estão dominando a internet, foram criadas e melhoradas algumas leis eleitorais que afetam nosso uso cotidiano da internet. É bom conhecer o que que pode e o que não pode ser feito com seu blog nos próximos meses de intensa política nacional.

Esse é um tema que acredito ser de extrema importância para os blogueiros de blogs de opinião, que comentam ou replicam notícias políticas e aqueles que querem declarar suas preferências ou discordâncias quanto ao cenário político para as eleições de 2010.

São duas leis e uma resolução que determinam a forma como poderá ser feita campanha na internet e nas redes sociais. Regulam inclusive a responsabilidade das partes envolvidas diretamente ou do simples blogueiros/cidadão que estiver escrevendo o que pensa.
Por: Marcos Lemos | Twitter: @hordones 

Blogs:
- Está proibido o anonimato;
- Quem criar uma página para apoiar algum candidato nas eleições deverá ter sua identificação claramente exposta no blog, responderá por qualquer excesso que ocorra no site e será denunciado por qualquer desvio destas condições;
- Os textos postados pelo dono do blog quanto os comentários que são feitos na página têm o mesmo peso na consideração do teor ofensivo. Ou seja, o dono do blog será considerado como responsável solidário pelo conteúdo publicado na página, já que ele exerce a moderação;
- Todo e qualquer tipo de site, seja blog ou não, que não o do partido, está proibido de inserir qualquer tipo de propaganda política – como, por exemplo, banners. 

MULTIBANK E MULTICRED

MULTIBANK E MULTICRED Estão juntos com o Blog Buíque e Cia. 
E Atenção Buíque, Tupanatinga e Região, fazer pagamentos ou tirar empréstimos agora está mais fácil. Vá até o atendimento MultiBank ou MultiCred e realize o que desejar com a maior facilidade. uma organização de Cícero e Jaqueline. Fone: (87) 3855-1435 em Buíque na praça Major França no centro da cidade.

Parque ecológico Vale do Catimbau é destaque no cenário nacional


Paredões de rochas com mais de 50 metros de altura circundam parte da região que têm características pré-históricas. O Parque ecológico Vale do Catimbau, no município de Buíque, distante 258 km do Recife, mantém áreas de natureza praticamente intocada pelo homem. A vegetação de caatinga, composta por cactos e árvores de clima seco, ambienta a paisagem quente e cheia de mistérios, localizada entre o Agreste e Sertão Pernambucano. "Para fazer trilhas neste lugar é importante utilizar calça jeans, devido a vegetação espinhosa, além de calçar tênis confortável. Como também não há residências na área, levar uma boa quantidade de água é de extrema importância", diz o guia ecológico Márcio Roberto de Araújo, 27 anos, ressaltando que "o percurso da trilha também é longo, com cerca de três horas de duração, então não deixe de colocar na bolsa lanche, que pode ser barra de cereais, biscoitos e frutas". Uma das trilhas tem início na área das formações rochosas que ganharam o nome de torres. No topo, elevações com formato de cones comprovam que a região foi cortada por rios de grande profundidade. “Segundo os estudiosos, essas torres são a prova que toda esta área esteve inundada por rios profundos, já que a água teria cortado as rochas e moldado esse formato que mostra o percurso do rio que tinha início no recôncavo bahiano”, diz o guia. Mas, para chegar lá, é preciso encarar uma caminhada de mais de uma hora. O solo arenoso torna-se um dos maiores desafios. É necessário escalar pedras que, em certos trechos, parecem formar uma escadaria – o que facilita a escalada. Passando pela Serra das Torres é preciso ter cuidado, pois as pedras se quebram facilmente. Seguindo o percurso, chega-se ao ponto final: o sítio arqueológico Casa de Farinha. O nome foi dado devido ter sido encontrado, há 40 anos, uma fábrica artesanal de farinha que acredita-se ter sido construída por índios locais. Mas o que chama a atenção no lugar são as escritas rupestres. Os paredões de rochas apresentam desenhos feitos à mão utilizando produtos naturais como o óxido de ferro extraído das pedras por índios há seis mil anos.

Espanha: campeã do mundo com melhor defesa e pior ataque


Fúria se iguala a França e Itália como campeãs com defesa menos vazada, mas também se torna a primeira colocada com pior ataque na história
Além do inédito título mundial e ser a primeira a levantar o troféu após perder na estreia, a Espanha se despede da Copa com mais duas marcas: uma positiva e outra negativa. Com apenas dois gols sofridos, a Fúria se iguala a franceses e italianos como campeã com a defesa menos vazada. Entretanto, os espanhóis, conhecidos pelo futebol ofensivo, marcaram apenas oito gols, tornando-se o campeão com menor número de gols.
Em sete jogos na Copa de 2010, o goleiro e capitão Casillas só foi buscar a bola no fundo das redes em apenas duas oportunidades. Na estréia contra a Suíça, derrota por 1 a 0, e contra o Chile, na vitória por 2 a 1. Na fase de mata-mata, a Fúria não sofreu um gol sequer. A marca é dividida com franceses e italianos, que também chegaram ao título sofrendo apenas dois gols, em 1998 e 2006, respectivamente.

Se a Fúria sofreu poucos gols no Mundial da África do Sul, ela também foi econômica nos gols marcados. Apontada como a seleção que apresenta o futebol mais bonito e ofensivo, os europeus marcaram apenas oito gols na Copa, sendo cinco do artilheiro David Villa. Puyol e Iniesta marcaram os outros gols. Com isso, a equipe de Del Bosque entra para a história como o país campeão com pior ataque.
Antes da Espanha, três seleções lideravam esta estatística. A Itália, em 1938, a Inglaterra, em 1966, e a seleção brasileira, em 1994, foram campeãs marcando onze gols cada. Vale lembrar que italianos e ingleses fizeram menos jogos do que o Brasil. A Squadra Azzurra fez apenas quatro partidas em 38, enquanto o English Team realizou seis, em 1966. Com 24 seleções na Copa de 1994, o Brasil entrou em campo sete vezes até conquistar o tetracampeonato.

Índios kapinawá de Buíque recebem bíblias novas


Membros de igreja evangélica que foram conhecer os índios usaram traduções comunicativas para o ensino e que ainda são parafraseadas durante as ministrações. Nestes últimos dias foram adquiridas várias Bíblias de letra grande para um projeto de ensino naquela localidade, eles afirmam que irão se manter firmes no ensino da Palavra de Deus ao povo kapinawá. Os grupos que estão recebendo as ministrações, aos poucos começam a entender o plano de Deus para a salvação do homem. E declaram; tem sido impressionante como cada criança memoriza os versículos bíblicos e às lições. Oramos que a Palavra de Deus penetre seus corações e transforme suas vidas. Continuem orando que o Senhor abra o entendimento de cada um para compreender a graça de Deus em suas vidas. Diz o blog Buíque é Meu Lugar

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO