terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Governador presta solidariedade às vítimas de Buíque


Num gesto de solidariedade, o governador Eduardo Campos veio ao município de Buíque ontem, segunda-feira (05) para acompanhar ao lado do prefeito Jonas Camêlo o velório das vítimas do acidente na BR-116 que tirou a vida de 34 pessoas na madrugada do último sábado. Ao chegar ao Clube Municipal, onde centenas de familiares e amigos das vítimas prestavam as suas últimas homenagens, Eduardo reiterou o compromisso assumido por ele de prestar todo o apoio necessário às famílias atingidas pelo desastre. Durante o velório, Eduardo procurou conversar com os familiares e entender a demanda de cada um.
TRAGÉDIA – Os trabalhadores voltavam de ônibus das usinas de cana-de-açúcar onde trabalhavam, em Jateí, Mato Grosso do Sul, para os municípios pernambucanos de Buíque e Pedra. Os cortadores de cana viriam passar o natal com as famílias, mas não chegaram ao destino. O veículo chocou-se de frente com uma carreta que descia uma ladeira na contramão.

Da redação: Buíque & Cia

Buíque tenta retomar rotina e recebe últimos mortos e sobreviventes


Aos poucos a cidade de Buíque, no sertão de Pernambuco, tenta voltar ao normal, enquanto as famílias choram a perda repentina de dezenas de entes queridos. Nesta terça-feira, o comércio, fechado por luto oficial, reabriu as portas e as aulas foram retomadas nas escolas.
Também hoje, a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social de Pernambuco deu inicio ao processo de cadastramento das famílias enlutadas que perderam seus provedores. O objetivo é saber as que já estão incluídas em programas sociais do governo como o Bolsa Família para que elas possam receber um novo benefício que some uma renda assistencial mensal no valor de um salário mínimo.
Enquanto isso, era esperada para a tarde de hoje a chegada de mais quatro corpos que foram sepultados ainda hoje devido ao avançado estado de decomposição. Três deles estvam no Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife aguardando a confirmação da identificação. De acordo com a polícia, eles eram os cadáveres de José de Anchieta da Silva, motorista auxiliar do coletivo, Agenaro de Melo Silva e José Kerle de Andrade Monteiro Filho.
Também deve chegar a Caruaru, a bordo de um avião da Força Aérea Brasileira (FAB), o corpo de José Cláudio da Silva, que estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Prado Valadares, na Bahia e teve morte encefálica diagnosticada ontem.
Dois sobreviventes também são esperados com alegria: Gilmarques Alves da Silva e Everaldo Cavalcanti da Silva tiveram alta hoje na Bahia e também seguiram viagem de volta para casa. O acidente que matou 34 pessoas aconteceu no sábado passado na BR-116, em Nova Itarana, na Bahia.

Com informações do repórter Rafael Guerra
Postado por: Blog Buíque & Cia

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO