sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Reeducandas de Buíque confeccionam fantasias para o Municipal


Roupa elaborada por detentas de colônia penal feminina pode desfilar na 48ª edição do Baile



Do JC Online

Cerca de 440 mulheres da Colônia Penal Feminina de Buíque, no agreste pernambucano, serão representadas nesta sexta-feira (27) na eliminatória do Baile Municipal do Recife. As reeducandas do presídio, que realizam atividades de reinserção social, confeccionaram fantasias que concorrem na categoria "Originalidade". A seletiva acontece às 17 horas, no Buffet Porto Fino.

Pelo quinto ano consecutivo, a participação das reeducandas é garantida através  da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado e pela Executiva de Ressocialização, órgão responsável pela administração do sistema penitenciário em Pernambuco. "Temos buscado oferecer capacitação em todos os sentidos. O artesanato, como gerador de emprego e renda, traz consequentemente a ressocialização, que é a nossa meta", diz a secretária Laura Gomes.

A unidade prisional será representada pela reeducanda Silvânia da Silva Cordeiro, 28 anos, recolhida em Buíque por tráfico de drogas, vai desfilar apresentando a fantasia intitulada “Em uma mulher não se bate nem com uma flor”. Se for classificada, Silvânia vai participar na 48ª edição do Baile, no próximo dia 11 de fevereiro, no Chevrolet Hall. A peça, que retrata a violência sofrida pelas mulheres, foi confeccionada por 30 detentas, e tem assinatura do estilista Paulo Medeiros.

Silvânia está animada com a seleção e diz o quanto sua participação no concurso é importante para as reeducandas e para a colônia. “Isso mostra à população que não estamos ociosas e podemos participar de todo tipo de competição fora das grades, competindo de igual para igual", afirma. 

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO