quinta-feira, 19 de julho de 2012

Vereador do Ceará procurado por homicídio é preso em Jaboatão, PE


Um homem foi preso, na manhã desta quinta-feira (19), em Barra de Jangada, Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Ele é vereador da cidade de Ipu (CE), segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, e um dos homicidas e assaltantes de banco mais procurados daquele estado.
Segundo o coronel Denis Lima, o homem foi detido após realizar um saque em uma casa lotérica, com um cartão clonado, por volta das 11h. Ele estava acompanhado da esposa e da filha. "Estamos procurando se há mandado de prisão contra ele, no Ceará. Nós o prendemos por conta das investigações policiais, que surgiram a partir de denúncias de pessoas lesadas aqui em Pernambuco. Ele nos disse que já responde a um processo por homicídio no Ceará. Também disse que á foi vítima de duas tentativas de homicídio", informou o coronel.

Depois da prisão, a polícia foi com ele até o bairro de Prazeres, ainda em Jaboatão, e prendeu mais quatro pessoas, em um armazém de construção. Em seguida, seguiram até a casa do vereador, no Conjunto Dom Hélder, e apreenderam vários equipamentos chupa-cabras - dispositivos instalados em terminais bancários, para registrar dados e senhas de clientes - uma pistola e cartões de crédito.

O vereador, a esposa dele e os outros quatro homens presos foram levados para a Delegacia de Jardim Piedade. Segundo a Polícia Militar, os detidos fazem parte de uma quadrilha que atua nos bairros de Candeias, Piedade e Prazeres, em Jaboatão, com ramificações em vários estados do Nordeste e no Rio de Janeiro.

Política
O vereador foi eleito pelo PCdoB em 2008. A secretaria da legenda no Ceará informa que ele foi desfiliado do partido em 2010, após um processo interno. Segundo a secretaria, a sindicância foi aberta quando começaram a aparecer indícios e denúncias sobre o envolvimento do vereador em crimes no Ceará e no Rio de Janeiro. "Em virtude de atitudes e comportamentos não condizentes com as concepções e práticas do PCdoB, ele foi afastado", informou o partido.

A Polícia Militar de Pernambuco, no entanto, informou que o mandato do suspeito ainda não foi cassado, por falta de quórum na Câmara de Ipu.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO