terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Vereador Luciano Pacheco denuncia ameaças de mortes a liderança comunitárias‏


Vereador Luciano Pacheco denuncia ameaças de mortes a liderança comunitárias‏
Pelo menos 5 lideranças comunitárias estariam recebendo ameaças de morte em Arcoverde. A denúncia foi feita pelo vereador Luciano Pacheco (PSD), na sessão desta segunda-feira (18). Ele apresentou requerimento pedindo a Polícia Civil uma investigação do caso, com a quebra do sigilo telefônico das pessoas ameaçadas.
Em seu discurso na câmara, Luciano citou os nomes de Naldinho, Iara e outros que durante a campanha eleitoral estavam apoiando a vereadora Luiza Margarida (PP) e depois passaram a apoiar a candidatura de Paulinho Wanderley (PMDB). Eles convocaram o vereador Luciano Pacheco para fazer a denúncia, pois temiam pelas suas vidas e famílias.

Estados e municípios terão R$ 1 bilhão do BNDES, via Banco do Brasil

De acordo com o banco, será possível fiinanciar contrapartidas de obras do PAC e do Programa Minha Casa, Minha Vida (Tatiana Nascimento/DP/D.A Press)
De acordo com o banco, será possível fiinanciar contrapartidas de obras do PAC e do Programa Minha Casa, Minha Vida



















O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) anunciou ontem (18) a aprovação de linha de crédito no valor de R$ 1 bilhão, que será operada pelo Banco do Brasil, no âmbito do Programa de Apoio ao Financiamento das Contrapartidas do Programa de Aceleração do Crescimento (BNDES ProPAC).

O BNDES informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a operação vai permitir que estados, municípios e o Distrito Federal possam financiar contrapartidas de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Programa Minha Casa, Minha Vida, além de projetos de mobilidade urbana associados à Copa do Mundo de 2014.

Linha semelhante vem sendo operada pela Caixa Econômica Federal desde 2010, com a mesma finalidade, usando recursos do BNDES ProPAC.

As condições financeiras para os beneficiários finais da linha de crédito do Banco do Brasil incluem taxa de juros de longo prazo (TJLP), executadas pelo BNDES em suas operações, hoje da ordem de 5% ao ano, mais 2% ao ano, com dez anos de financiamento.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO