segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Ações socioeducativas são temas de workshop em Caruaru, no Agreste

Evento pretende reunir representantes de 13 municípios do estado.
MPPE e Secretaria da Criança e Juventude organizam o encontro


O Ministério Público de Pernambuco e a Secretaria Estadual da Criança e Juventude promovem nesta terça-feira (17) mais uma edição de workshop sobre Liberdade Assistida e os Programas Socioeducativos em Meio Aberto de Prestação de Serviços à Comunidade (PSC). O evento está programado para ocorrer no auditório do MPPE em  Caruaru, no Agreste, das 8h às 13h.
Estima-se que o workshop reúna representantes do setor vindos de BezerrosGravatá,AgrestinaSão CaetanoLajedoBuíqueÁguas BelasPesqueiraSanta Cruz do Capibaribe, Vitória de Santo Antão, Garanhuns e Arcoverde. Os presentes assistirão a palestras da promotora Jecqueline Elihimas, da vara da Justiça, e de Maria do Socorro da Silva, coordenadora-geral do Centro de Educação Popular Comunidade Viva (Caruaru).
Serviço
Workshop sobre Liberdade Assistida e os Programas Socioeducativos
Auditório do Ministério Público de Pernambuco em Caruaru
Local: Avenida José Florêncio Filho, sem número, Maurício de Nassau
Programação: dia 17, das 8h às 13h.

Banco do Nordeste, Agropac em parcerias com Prefeitura e Sindicato projetam cerca de 1,5 milhão na agricultura familiar em Buíque.

Cerca de mil trabalhadores rurais comparecerem na manhã desta segunda feira,(16) ao Blesskina Hall em Buique  atendendo ao chamado do Banco do Nordeste, da Empresa de Projetos Técnicos (Agropac), prefeitura e sindicato dos trabalhadores rurais que, juntos lançaram uma campanha do dia da agricultura familiar no município. 

De acordo com o gerente geral da Agropac, empresa que atua no ramo  com elaboração de projetos técnicos á mais de cinco anos, Aldy Regis, e de Márcia, que é, a representante do Banco do Nordeste, as ações realizadas hoje junto aos agricultores buiquenses,  além de injetar cerca de 1,5 milhão de reais na economia local, ainda servira como principal base fundamental para que aqueles que tenham alguma restrição  junto a entidade financeira, possa liquidar seus débitos, mesmo por que, essa atividade de renegociação de dívidas, o Banco está trabalhando baseado nas leis e resoluções vigentes que autorizam esse tipo de transação financeira   e,  em contra partida quem estava negativado junto ao BN ficam liberados para ingressar nos novos programas de financiamentos oferecido  pelo banco através da Agropac, Prefeitura e Sindicato.

Alem da liberação de recursos  com as propostas já aprovadas que são, 200 do programa Agro amigo no valor de R$ 3.500(Três mil reais) cada,mais 200 do programa Pronaf no valor de R$ 12.000,0(Doze mil Reais) pra cada uma,também serão recebidos  e assinados novos contratos.


No mesmo local ainda existem outras atividades paralelas como  por exemplo, o recebimento de novos projetos através de entrevistas.  

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO