domingo, 23 de fevereiro de 2014

CONFIRA A GRANDE Jogada de meste na Câmara de Vereadores de Tupanatinga-PE

Depois do esquente dado em uma das matérias publicadas recentemente nas páginas do blog Buíque & Cia, da cidade do Buíque, agora foi a vez da vizinha cidade.

As eleições desse ano na cidade de Tupanatinga promete ser umas das mais acirradas de nossa região, tudo porque o grupo parlamentar “G6” formados pelos Vereadores Neto de Duca, Mimo do Posto, Renato de Braz, Régis da Saúde, Zelino e Idelfonso, estão dando sinais de que o Prefeito Manoel Tomé (PT) não terá trégua e muito menos dias de calmaria nesse seu segundo mandato. Esse grupo de vereadores contrariando todos os prognósticos venceram à eleição da Câmara para o primeiro período da legislatura, derrotando o candidato chapa branca do prefeito em uma eleição histórica, como jamais se viu na cidade de Tupanatinga.


Acontece que, o Grupo “G6” como são conhecidos, estão fazendo uma oposição sistemática, programática e fiscalizadora em cima da atual gestão que já responde a diversos processos de improbidade administrativa por denúncias formalizadas em diversos órgãos, tais como: ministério público Federal e Estadual, Tribunal de Contas do Estado e Tribunal de Constas da União. O atual prefeito não via a hora de destronar esse grupo da presidência da Câmara e seus aliados já davam como certa a tomada do poder do grupo G6. Acontece que em uma jogada de mestre e digna de grandes estrategistas políticos o grupo lançou dois projetos de resolução que foram aprovados por maioria absoluta no plenário daquela Casa Legislativa.

 O primeiro criava um calendário oficial das reuniões, e como a reunião naquela câmara era de 15 em 15 dias, eles de forma planejada fizeram com que a eleição que cairia na terça feira de carnaval (04\03) fosse antecipada para a próxima terça feira (25\02) com um intervalo de apenas oito dias. 

O segundo projeto de resolução alterava o Art. 16 do Regimento Interno daquela Casa Legislativa, e este permitia que o presidente antecipasse a eleição para a mesa diretora. Os projetos como já citados foram aprovados e em seguida a mesa diretora convocou eleição e publicou o edital no mural daquela Câmara, pegando todos de surpresa e os deixando de mãos atadas. Quando terminou a reunião os vereadores do G6 entraram em três veículos e viajaram para lugar incerto e não sabido até o presente momento de onde só irião retornar segundo comentários no momento da reunião e com o presidente do grupo já escolhido e com sua vitória sacramentada. 

Os vereadores Neto de Duca, Mimo do Posto, Renato de Braz, Régis da Saúde, Zelino e Idelfonso que compõe o G6 são apontados como as maiores ameaças a destronar da prefeitura o grupo do atual prefeito, com uma chapa puro sangue, ou seja, prefeito e vice-prefeito saídos do grupo. Tuapanatinga que viver verá um fim dessa novela que esta apenas se iniciando.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO