quinta-feira, 13 de março de 2014

Secretária de Saúde de Buíque recebe mais 6 médicas do Programa Mais Médicos



Dando prosseguimento ao desenvolvimento de nossa cidade, além dos médicos que já estão atuando em Buíque, na manhã deste dia 13/03, a secretária de saúde, Fernanda Camêlo mais uma vez recepcionou mais 6 médicas do programa do Governo Federal, Mais Médicos, que agora soma um total de 10 médicas que estão a disposição da população buiquense.


Para a secretária, essa é mais uma conquista do governo que tem honrado e desempenhado com dedicação na administração municipal em prol da nossa gente.

Operação “Fogo Inimigo” prende quatro suspeitos de homicídio ocorrido em Buíque

policiacivilpe
Vinte e cinco policiais civis participaram, na manhã desta quarta-feira (12), de uma operação para prender quatro homens suspeitos de homicídio. Denominada de “Fogo Inimigo”, a ação resultou na prisão de Wilker Ribeiro Siqueira Sobrinho, 32 anos, seu irmão Euclides Ribeiro Siqueira Sobrinho, de 42, José Helder Campos de Lima, 46, e José Helio dos Santos, 42, conhecidos por pistolagem na região de Custódia.
As prisões dos suspeitos decorreram das investigações do homicídio do policial militar Carlos André Campos Lopes, 27 anos, que foi assassinado em outubro de 2011 em Buíque, numa perseguição ao foragido da justiça Dielzo de Lima Silva, acusado de vários roubos e foragido da Penitenciária de Canhotinho.

De acordo com o delegado Guido Lins que presidiu as investigações, sobre o caso, após a morte do policial, seus familiares arquitetaram a morte da irmã de Dielzo de Lima, por acreditar que ele seria o autor dos disparos que vitimaram o PM. OS quatro suspeitos assassinaram Claudeci de Lima, por ser incerto o paradeiro do suposto assassino. No entanto, as investigações da polícia civil apontaram que o policial André Campos foi morto por um disparo de arma de fogo desferido por outro policial militar durante a operação de captura de Dilezo.

As investigações da Delegacia de Buíque chegaram aos quatro suspeitos, sendo que dois são irmãos do policial morto e os outros dois primos do falecido que são pistoleiros conhecidos na região de Custódia. Os quatro suspeitos foram presos em suas residências, sendo conduzidos à Delegacia Seccional de Arcoverde para prestar esclarecimento e serem qualificados, sendo em seguida recolhidos ao Presídio Dr. Brito Alves em Arcoverde. Participaram da Operação policiais civis da Delegacia de Buíque, Custódia e Arcoverde.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO