segunda-feira, 7 de julho de 2014

EXCLUSIVO - TCE-PE: Ex-prefeito Arquimedes Valença permanece na lista definitiva do "Ficha Suja" entregue ao TRE no ultimo dia 04 de julho

O ex-prefeito de Buíque, Arquimedes Guedes Valença permanece na lista definitiva que o TCE entregou no ultimo dia (04/07/2014), à Justiça Eleitoral com os nomes de gestores públicos e ordenadores de despesas que tiveram contas julgadas irregulares nos últimos oito anos.
Esse procedimento decorre da Lei nº 9.504/97, que determina aos Tribunais de Contas, nos anos em que se realizarem as eleições, que enviem à Justiça Eleitoral a relação contendo os dados daqueles que tiveram suas contas julgadas irregulares. A remessa da lista deve ser feita até o dia 05 de julho. O TCE entregou antecipadamente, em 23 de maio, relação provisória, com 1.624 nomes, para que o Ministério Público Eleitoral tivesse mais tempo para análise, a fim de imprimir maior efetividade ao comando da Lei da Ficha Limpa.
Lista definitiva - na relação definitiva entregue no dia, 04/07, ao TRE, constam os nomes de 1.643 gestores municipais e estaduais. A inclusão de alguns nomes decorre de decisões que transitaram em julgado após a emissão da lista provisória e revogação dos efeitos suspensivos de decisão judicial. Já a exclusão de determinados responsáveis da lista é em função de julgamentos de pedidos de rescisão, após a emissão da lista provisória, de medidas cautelares que determinaram a retirada do nome até o julgamento do mérito e por motivo de morte do responsável.
De acordo com o conselheiro e corregedor do Tribunal, Marcos Loreto, a divulgação do documento além de poder ensejar a declaração de inelegibilidade de gestor público pelo TRE, também tem o propósito de orientar o cidadão na escolha dos seus candidatos nas próximas eleições

Quem tiver interesse em consultar a lista, pode acessar no site do TCE (clicando aqui), onde estão disponíveis não só os nomes dos ordenadores de despesas, como também detalhes dos processos que levaram à irregularidade das contas.
CLIQUE EM LEIA MAIS E CONFIRA OS PROCESSOS 

Ex-prefeito de Sanharó é preso por desvio de verbas públicas

 (Reprodução/Facebook)
Foi preso na manhã desta segunda-feira (7) Ranieri Aquino de Freitas, ex-prefeito da cidade de Sanharó, Agreste de Pernambuco. A motivação da prisão, segundo a assessoria do Tribunal de Justiça, foi o desvio de R$ 111.200 de verbas públicas enquanto era gestor do município em 2004. 

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo juiz Moacir Ribeiro da Silva Júnior com base no processo 0000011-40.2006.8.17.1240. A voz de prisão foi dada pelo delegado titular de Sanharó, Francisco Souto Maior, enquanto o ex-prefeito, que também é advogado, estava no Fórum de Sanharó. Ele foi encaminhado para o presídio de Pesqueira e a pena máxima é de 12 anos de reclusão. 

Raniere Aquino de Freitas já estava cumprindo pena em regime aberto por outro processo que envolve irregularidade no pagamento dos salários dos servidores municipais. Mas, além destes, responde a mais de 10 outros que já culminou em sua prisão em anos anteriores.

Garoto de 12 anos, suspeito de vários assassinatos, morre em confronto com a polícia

Uma criança de 12 anos de idade, conhecido como “Zé Bim”, morreu depois de trocar tiros com policiais de Porto Seguro, no sul da Bahia.

O garoto, famoso no mundo do crime, tinha em sua ficha criminal extensa com seis homicídios e 18 tentativas de assassinato, e ainda passagens por tráfico de drogas e roubo. 
“Zé Bim” foi apreendido no dia 17 de junho. Ele chamou a atenção de toda Bahia ao apresentar várias tatuagens e já ser conhecido pela sua frieza no mundo do crime. A morte aconteceu no dia 02 de julho, mas só foi divulgada neste fim de semana. (Bocão News)

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO