ADQUIRA JÁ SEU CHÃO

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Recife e PE decretam estado de emergência devido ao Aedes aegypti

Casos confirmados de dengue foram de 6.573 ano passado para 119.646.
Com decretos, estado e prefeitura podem contratar serviços sem licitação.

Do G1 PE
Governador Paulo Câmara assinou decreto de emergência devido a casos de dengue, chikungya e zika no estado (Foto: Aluisio Moreira/SEI)Governador Paulo Câmara assinou decreto de emergência devido a casos de dengue, chikungya e zika no estado (Foto: Aluisio Moreira/SEI)
O governador Paulo Câmara e o prefeito Geraldo Julio assinaram este domingo (29) decretos de emergência em Pernambuco e no Recife devido às doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti - dengue, chikungunya e zika vírus. As três tiveram um grande aumento no estado neste ano. Os decretos vêm no dia seguinte à confirmação do Ministério da Saúde da relação entre o zika vírus e o surto de microcefalia na região Nordeste – Pernambuco é o estado com mais casos de microcefalia do país, com 487 notificações.
Os decretos valem a partir da terça (1º), quando serão publicados no Diário Oficial, e duram 180 dias. Os representantes do poder estadual e municipal apontam que há uma epidemia de dengue, chikungunya e zika, esta última relacionada aos casos de microcefalia, em andamento, daí a necessidade de intervir.
Com o decreto de emergência, o estado e o município podem contratar serviços com dispensa de licitação e servidores temporários enquanto durar o estado de emergência, além de poder convocar mais facilmente servidores de outras secretarias para auxiliarem nos serviços necessários.
As secretarias municipal e estadual de Saúde vão ser responsáveis por coordenar os trabalhos de combate ao mosquito e à proliferação das doenças. "Vamos fazer tudo o que for necessário, no âmbito do governo do estado,  para que o quadro de 2014 e 2015 não se repita em 2016. Precisamos da união do poder público e da sociedade civil", apontou Paulo Câmara.
O número de casos de dengue cresceu neste ano. Até o dia 14 de novembro, foram notificados 119.646 ocorrências em todo o estado, enquanto no mesmo período no ano passado foram 17.702 notificações. O número de casos confirmados foi de 42.781 este ano, enquanto em 2014 foram 6.573 neste mesmo período.
O Recife é a cidade com o maior número de notificações do estado, segundo o último boletim divulgado. Ao todo, foram 25.219 casos, o que representa um aumento de 838,2% no número de notificações – foram 2.688 no mesmo período de 2014. A cidade conta ainda 15.168 casos confirmados de dengue até o dia 14 de novembro, 20 vezes mais que os 693 casos do ano anterior.
No último sábado (28), a capital pernambucana inicou um mutirão de combate ao mosquito. Na última sexta (27), após uma reunião do prefeito Geraldo Julio com todo o secretariado, foi anunciado que todas as secretarias municipais vão colaborar com o mutirão, seja com utilização de pessoal ou de equipamentos e carros pertencentes ao poder público.

Com o decreto, a força tarefa anunciada pelo governo municipal ganha mais força. "O poder público não pode medir esforços diante de uma situação dessa gravidade. Vamos fazer tudo aquilo que estiver ao nosso alcance e trazer a população para enfrentarmos juntos essa luta", afirmou o prefeito Geraldo Julio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Acesse o melhor conteúdo e matérias atualizadas dos fatos e acontecimentos de Buíque e região. Buíque & Cia - O melhor portal de notícias da cidade!

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO