sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Povoado Tanque terá sua tradicional festa de encerramento no próximo dia 19 com atrações regionais em praça pública

Acostumando sempre em se reunir e reverem seus amigos na noite de encerramento da tradicional festa de São Sebastião do povoado Tanque, quando se cogitou que não mais haveria nem uma atração artística se apresentando na próxima segunda-feira, 19, moradores do povoado não se conformaram nem um pouco com a ideia de não ter nada em praça publica, imaginem quando uma outra festa  particular com fechamento e entrada paga foi anunciada, ai sim foi que a população se revoltou mesmo e começou o disse me disse nas redes sociais onde cada cidadão deixava explicitamente exposta sua opinião contra o não acontecimento das festividades alusivas ao santo padroeiro daquele povoado.

Se como estava já estava ruim, pior não poderia ficar, e foi com esse pensamento que depois de uma reunião daquelas de última hora que o atual presidente da câmara de vereadores, Felinho da Serrinha juntamente com outros colegas, também vereadores resolveram juntar-se ao prefeito Jonas Camelo para arregaçar as mangas e não deixar a população daquele povoado mais frustrados do que já estavam, resolvendo em últimas horas anunciar o nome das quatros  atrações que se apresentarão em praça pública gratuitamente na noite de encerramento. 

Como a festa será uma iniciativa do novo presidente da Câmara de Vereadores em parceira com a própria Prefeitura, ao invés de bandas ou duplas famosas a população vai curtir e dançar com atrações regionais no palco montado no mesmo lugar de sempre. A festa vai começar com  o forró dos Compadres, o brega de Luciano Lima O Bonde da Bregadeira e pra terminar o arrocha de Maciel Cigano.

TCE-PE aprova gestão financeira do ano 2011 da Câmara de Buíque na gestão do então presidente Rômulo Camêlo

Rômulo Camêlo
O Tribunal de Contas do Estado aprovou, na última terça-feira, 13 de janeiro de 2015, a gestão financeira da Câmara Municipal de Buíque referente ao exercício financeiro de 2011.

A gestão foi objeto de uma auditoria informatizada no Poder Legislativo Municipal, de responsabilidade do então presidente da Câmara, na época José Rômulo Padilha de Almeida (Rômulo Camelo).


A decisão foi de aprovação por unanimidade da 2ª Câmara do Órgão Fiscalizador, conforme acordão emitida. Atuou na defesa do ex-presidente da Casa Jorge Domingos Ramos o advogado arcoverdense Edilson Xavier de Oliveira.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO