domingo, 19 de julho de 2015

Exposição "Em Kapinawá tem" reúne importante acervo indígena em Buíque, no agreste de Pernambuco

A menos de quatro horas do Recife (PE), o município de Buíque recebe na próxima quinta-feira, dia 23, a exposição "Em Kapinawá tem", parte do projeto "Kapinawá, meu povo conta e canta: memórias, samba de coco e furnas". O evento, que se une ao I Encontro de Formação em Museologia para Povos Indígenas em Pernambuco, acontece em Território Indígena Kapinawá, dentro do Espaço Sagrado Ajucá, e reúne representantes indígenas de todo o Estado. A curadoria é assinada pela antropóloga Lara Erendira Andrade e pelo indígena José Ronaldo França, enquanto que a expografia foi pensada pelo designer Ticiano Arraes.

Fruto de um projeto de formação com mais de 100 educadores indígenas, a mostra reúne importante material produzido e organizado desde 2013 até junho deste ano. Fotografias, vídeos, CDs, dissertações, artigos, recortes de jornal e parte  (veja fotos) do acervo digitalizado do Conselho Indigenista Missionário (Cimi) - relacionados a este povo e datados do início de 1980 - serão expostos no museu indígena da comunidade.
Esse material retrata o processo de resistência e salvaguarda da memória e dos saberes e tradições dos Kapinawá, além de garantir autonomia tanto na preservação do acervo quanto na educação das crianças e jovens. "Essa exposição, que agora apresentamos a comunidade, é fruto de um esforço conjunto entre comunidade, educadores, pessoas mais velhas do povo Kapinawá e os profissionais que contribuíram com as oficinas. Ela também tem a finalidade de contribuir com o Museu Kapinawá que está em pleno curso de organização", explica Lara Erendira Andrade.
O projeto foi apoiado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (FUNCULTURA) da Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (FUNDARPE).
O projeto 
"Kapinawá, meu povo conta e canta: memórias, samba de coco e furnas" teve início em 2013 e finalizou em junho 2015. Coordenado pela antropóloga Lara Erendira, junto com os professores indígenas Maria do Socorro França, José Ilton Bezerra e o Cacique Robério Francisco Maia, reuniu e produziu amplo acervo sobre patrimônio cultural deste povo. As ações iniciadas por este projeto terão continuidade este ano, cuja pesquisa iniciada será aprofundada para a construção de um livro didático escrito pelos professores Kapinawá. 
Metodologia 
O projeto foi desenvolvido em etapas. Na primeira, foram realizadas oficinas sobre direitos indígenas, patrimônio, história e arqueologia com educadores, lideranças e pessoas mais velhas. Após este momento, os professores conversaram com os parentes para coletar informações, falas dos mais velhos e fotografias que destacassem os saberes das parteiras, dos rezadores, e de temáticas do samba de coco e dos sítios arqueológicos.

Resistência Kapinawá 

A exposição se dará em um espaço que é símbolo da luta pela terra. Ela acontece na sede de uma fazenda que foi retomada em 2011 e desde então, ressignificada pelo povo e transformada em uma escola indígena, com salas de aula, biblioteca, horta escola e também no Museu Kapinawá. Não por acaso, a exposição se dará no coração da resistência atual.

Serviço
Exposição "Em Kapinawá tem"
Quando: Quinta-feira, dia 23 de julho
Onde: Território Indígena Kapinawá Espaço Sagrado Ajucá, Buíque/PE
Informações: Lara Erendira Andrade (81) 9 9688.4698
http://www.cimi.org.br/

CHLOROPHYLLA PLANEJA ABRIR 200 FRANQUIAS NO NORDESTE

Com investimentos de R$ 20 milhões e prestes a inaugurar uma nova fábrica em Gravatá, Pernambuco, a Chlorophylla se reposiciona no mercado e planeja abrir 200 novas franquias no Nordeste até 2020. O Parque Industrial Chlorophylla, em Gravatá, está previsto para ser inaugurado, oficialmente, em setembro, e terá capacidade inicial de produzir 2,4 milhões de itens por ano. A localização privilegia a região Nordeste, garantindo maior eficiência logística e reduzindo custos com frete.
Marca de perfumaria e cosméticos com qualidade reconhecida nacionalmente, a Chlorophylla foi fundada em 1986, em Curitiba, no Paraná. Em 2013, a empresa passou a ter uma nova administração, dando início a um reposicionamento no mercado.
Em 2014, uma moderna fábrica da Chlorophylla foi construída em Gravatá e foi elaborado um novo conceito para as lojas, que ficaram mais bonitas e atraentes. A marca também ganhou um novo slogan: “Mude seu dia”.
Com objetivo de atender a diversos públicos e se diferenciar do mercado, a Chlorophylla contempla quatro diferentes canais: franquias, multimarcas, venda direta e e-commerce. O portfólio traz produtos de perfumaria, cosméticos, cuidados pessoais e acessórios.
Na linha de perfumaria, o cliente tem opções de fragrâncias exclusivas e com personalidade, direcionadas para homens e mulheres de todas as idades, em todos os momentos. O segmento de cuidados corporais conta com sabonetes em barra, sabonetes líquidos, esfoliantes, desodorantes, linha masculina, loções hidratantes e muito mais. Necessaires personalizadas, sacolas e embalagens para presente completam o portfólio Chlorophylla.
Franquia é  opção para investimento
O ano de 2015 está sendo marcado pelo novo formato de franquia da Chlorophylla, que se tornou um grande atrativo para investidores. Entre as vantagens oferecidas estão: baixo investimento (cerca de R$ 200 mil), alta rentabilidade e lucratividade, garantindo um rápido retorno do capital investido, e apoio integral na implantação do negócio. O mercado de franquias no Nordeste está em plena expansão.
Os dados são convidativos: o setor de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, faturou no Brasil R$101 bilhões em 2014; o Brasil é o terceiro maior mercado consumidor de itens de perfumaria e cosméticos, ficando atrás apenas da China e Estados Unidos; o mercado de perfumaria e cosméticos teve crescimento médio anual de 11,8% nos últimos cinco anos; excelentes praças disponíveis para abertura imediata; abertura de franquia é um negócio de baixo risco, com taxa de mortalidade em 2014, de 3,7%, segundo pesquisa realizada pela ABF (Associação Brasileira de Franquias).
Além disso, a Chlorophylla presta toda assistência ao franqueado, antes e após a inauguração da loja. Na pré-inauguração, a marca auxilia no estudo da viabilidade financeira, na escolha do ponto comercial, e na entrega de projetos arquitetônicos. Também dá treinamento inicial para franqueados, gerentes, vendedoras e sistema operacional, orientação no estoque inicial, orientações quanto à aquisição de equipamentos, utensílios e uniformes, e consultoria nas ações de marketing para inauguração.
Na pós-inauguração, os franqueados recebem orientação sobre gestão do negócio e ferramentas de suporte para acompanhamento dos resultados, treinamento e reciclagem, materiais promocionais e campanhas de marketing institucional, e orientação na definição de mídia local.
“O setor de cosméticos e perfumaria é um dos que mais crescem no Brasil, com destaque para a região Nordeste, onde o potencial de consumo é muito grande. Tudo isso abre novas oportunidades para empreendedores que querem ter seu próprio negócio. A franquia da Chlorophylla é uma ótima opção de investimento”, destaca Chayza Dantas, diretora da Chlorophylla.
A atuação da Chlorophylla tem por base a sustentabilidade empresarial, rígido controle de qualidade e busca constante por novas tendências e tecnologias. Todos os itens que levam a assinatura Chlorophylla são fabricados com matérias primas selecionadas e fornecedores de renome internacional. O objetivo da marca é transformar pequenos momentos do dia a dia em experiências sensoriais únicas.
Saiba mais: FRANQUIA CHLOROPHYLLA

Clássico da Chlorophylla, fragrância Georgia ganha nova versão e embalagem sofisticada

Um clássico nunca deixa de fazer sucesso. Um exemplo disso é a deocolônia Georgia, lançada nos anos 90 e que até hoje é um dos produtos mais vendidos da Chlorophylla, tornando-se um clássico da marca. Para comemorar essa história de sucesso, o Georgia Clássico e o Georgia Fashion ganharam novas e elegantes embalagens. Também está sendo lançada uma nova versão do perfume: o Georgia Elegance. As novidades da Chlorophylla começaram ser comercializadas nesta segunda-feira, dia primeiro de junho.

Renovada, a embalagem do Georgia Clássico ganhou uma estrutura mais densa, que proporciona imponência e sofisticação ao produto. O padrão de flores no verso foi inspirado nas características florais de sua essência, assim como o formato e as tampas. Já a cor dourada da embalagem transmite charme, confiança e poder. A fragrância do Georgia Clássico, que abre com notas frutais levemente verdes, em delicadas combinações da natureza, atrai principalmente um publico feminino entre 40 e 60 anos.

Já o Georgia Fashion tem o rosa predominante na nova embalagem, o que transmite a alegria e vivacidade que a fragrância passa, além de fazer referência à feminilidade dos seus acordes florais. Um sutil toque de amarelo aparece na caixa, reforçando sua característica vibrante. O Georgia Fashion traz a leveza e o brilho da juventude, que em sua essência, valoriza o novo, a vida e a emoção de novas descobertas.

Com o mesmo vidro do Georgia Clássico, o Georgia Fashion é a "irmã mais nova" da família. Visualmente, parece muito com o Georgia, mas tem detalhes bem próprios, traduzindo a identidade jovem e vibrante da fragrância. O perfume tem uma fragrância com notas de mandarina e lichia, deixando uma sensação de frescor. Notas de fundo amadeiradas, como âmbar e musk, são responsáveis por transmitir uma marca imponente a quem usa. Pode ser usado em qualquer tipo de ocasião, principalmente durante o dia, sempre associado a saídas vibrantes e positivas; por isso, atrai, em geral, o público jovem de 18 a 24 anos.

Neste relançamento da marca, as mulheres contam com uma nova versão do Georgia: o Georgia Elegance, uma releitura do perfume, com um toque de acordes mais jovens, sem deixar o perfil clássico de lado. O novo Georgia Elegance também traz o mesmo formato dos outros dois Georgias, conferindo uma unidade na linha. A tampa cromada imprime o toque moderno que a fragrância transmite. Na embalagem, o detalhe branco, bem sutil, vai sumindo aos poucos, reforçando a sensação de leveza da fragrância. A cor do líquido, azul claro, confere a sensação de frescor que o perfume possui.

A fragrância abre com notas frutais, com apelo gourmet de maçã, pêssego e abacaxi. A característica vibrante na essência é garantida pela combinação de bergamota, mandarina e outras essências, dando uma sensação de frescor e sensualidade. É um perfume para todas as horas, que atrai, em geral, mulheres modernas que tem entre 25 a 40 anos.

De acordo com o diretora da Chlorophylla, Chayza Dantas essa inovações refletem o novo conceito da Chlorophylla, cheio de atitude e personalidade. "Premiamos nossas consumidoras do Georgia com o repack de duas fragrâncias já conhecidas e um lançamento. A modernidade que trazemos nas embalagens é apenas o início de muitas novidades que guardamos para os nossos consumidores", destaca.


Confira os preços do Georgia:
Georgia: R$ 94,70

Georgia Fashion: R$ 89,90
Georgia Elegance: R$ 89,90

Foto e Fonte ABLOGPE

Vitarella entra no segmento de torradas


A Vitarella amplia mais uma vez seu portfólio, lançando uma nova categoria de produto: torradas. A novidade conta com o mais alto padrão de qualidade, oferecendo às famílias uma nova opção da marca. Leves e gostosas, as torradas estão disponíveis em embalagens de 16, 160 e 320 gramas e têm apenas 34 calorias por fatia. A entrada da Vitarella na categoria de torradas faz parte do processo de ampliação do portfólio da marca, que o ano passado também entrou na categoria de margarina, com o lançamento da Margarina Vitarella Namesa.

Crocantes e sequinhas, as torradas Vitarella vão bem no café da manhã, no lanche, no jantar, com requeijão, com geleia, com a Margarina Vitarella Namesa, de todo jeito, inclusive puras. O novo produto chega nas versões tradicional, multigrãos, integral e light. As integrais são fontes de fibras e têm baixo teor de gorduras totais. Já a versão light, tem 25% menos de gorduras totais e 25% menos sódio que o sabor tradicional.

O mercado de torradas industrializadas tem crescido em todo o Brasil, em especial no Nordeste, que ainda é pouco explorado e possui um enorme potencial. Nessa região, somente 36,8% das torradas comercializadas são industrializadas. Em outros estados, esse número chega a 89%. Os investimentos do grupo M. Dias Branco, proprietário da Vitarella, na linha de torradas chegam a R$ 100 milhões, incluindo a construção de uma moderna fábrica instalada na mesma área da Fábrica Fortaleza, no Ceará, onde as torradas serão produzidas.

A campanha de divulgação, criada pela agência Ampla, aposta na leveza do produto, com o slogan: “Chegaram as torradas Vitarella. A vida pode ser mais leve”. Entre as peças de divulgação estão material de ponto de venda - como cartaz, woobler, móbile e rack expositor - vinheta para a TV, jingle, mídia exterior e anúncios de jornais e revistas.


A Vitarella, empresa líder no Nordeste, foi fundada em 1993, em Jaboatão dos Guararapes. Inicialmente focada na produção de massas alimentícias, expandiu seu portfólio e hoje possui mais de 115 produtos cadastrados - atuando também no segmento de biscoitos, como crackers, rosquinhas, recheados, wafers, amanteigados, entre outros – e marcas como Treloso, Chocoresco e Saltvip. Conheça mais no site: www.vitarella.com.br.



Da AblogPE

Pilar lança edição comemorativa da Cream Cracker Tradicional

pilar2-700x400A Pilar preparou um lançamento especial para comemorar seu aniversário de 140 anos: a Cream Cracker Retrô. Esta edição comemorativa vem na mesma embalagem que fez parte do dia a dia dos consumidores nas décadas de 80 e 90, marcando a vida de gerações. Para lembrar o aniversário da marca, a embalagem da Cream Cracker recebeu o selo comemorativo dos 140 anos da Pilar.
A edição chega com uma nova fórmula, que deixou a cracker muito mais gostosa, crocante e douradinha. Com a Cream Cracker Retrô as pessoas vão lembrar momentos felizes vividos com a família e amigos especiais. Tudo isso faz parte da história dos produtos da Pilar, que além de serem deliciosos trazem boas lembranças.
Uma das marcas pioneiras na fabricação de biscoitos na América Latina e conhecida pela sua tradição, a Pilar se renova com o tempo, sempre ampliando seu portfólio de produtos. Em 2014, a marca se modernizou, lançando novos produtos em embalagens que, com predominância do roxo, ficaram mais leves e sofisticadas.Todas as mudanças aconteceram sem deixar de valorizar a história da Pilar, destacando pontos como tradição e confiança. Entre as novidades lançadas pela marca estão: biscoitos recheados nos sabores morango e trufa, cracker gergelim e massas grano duro nos cortes: Spaghetti, Fusilli e Penne.
Empresa familiar fundada em 1875, com a inauguração da Padaria e Biscoutaria Pilar, a Pilar foi uma das primeiras fábricas de biscoitos da América Latina. A empresa foi pioneira no lançamento de produtos no Brasil e se desenvolveu no mercado de biscoitos com produtos de sabores e aromas diferenciados. Os famosos biscoitos Cream Cracker surgiram em 1943.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO