sexta-feira, 21 de maio de 2010

PESQUISA PARA SENADOR EM ARCOVERDE



 Pesquisa do Instituto Plural realizada em Arcoverde apresenta Marco Maciel (DEM), Armando Monteiro (PTB) e Humberto Costa (PT) tecnicamente empatados para o Senado. Quando é dito ao eleitor que Armando é o 1º senador do prefeito Zeca Cavalcanti (PTB), o deputado assume a dianteira.(Inaldo Sampaio)

Com apoio do prefeito, Cadoca tem mais de 40% de intenções de voto em Arcoverde


Como havia sido previamente anunciado, o prefeito de Arcoverde, Zeca Cavalcanti (PTB) e seu secretário de Cultura, Albérico Pacheco, receberam jornalistas hoje no Recife para fazer o anúncio oficial da programação do São João, que é um dos maiores do Estado.

O deputado Cadoca (PSC) esteve presente ao evento porque será votado lá para a Câmara Federal pelo prefeito e seu grupo político (7 vereadores), em dobradinha com o ex-secretário municipal do governo, Júlio Cavalcanti (PTB), candidato a deputado estadual.

Durante o almoço, circulou a informação de que uma pesquisa do Instituto Plural mostra Cadoca com mais de 40% de intenções de voto naquele município quando é informado ao eleitor que ele (deputado) tem o apoio do atual prefeito. (Inaldo Sampaio)

Vice só nas conversar ainda, Inocêncio já tem espólio cobiçado


Os prefeitos interioranos ligados ao deputado federal Inocêncio Oliveira - presidente estadual do PR - começaram a se mobilizar no intuito de defender seu nome como candidato a vice-governador na chapa encabeçada pelo governador Eduardo Campos (PSB). Fora da disputa pela Câmara depois de dez mandatos consecutivos, Inocêncio teria de dividir seu espólio eleitoral - calculado em cerca de 200 mil votos - entre candidatos cuja eleição não está garantida.

Seriam beneficiados, de acordo com uma fonte em reserva, postulantes de vários os partidos. As maiores fatias iriam para Gonzaga Patriota (PSB), Wolney Queiroz (PDT), Silvio Costa (PTB), Luciana Santos (PCdoB), Danilo Cabral (PSB) e o deputado estadual Sebastião Oliveira (PR), primo de Inocêncio, que teria caminho livre para tentar eleger-se federal.

Segundo bastidores governistas, os prefeitos argumentarão que o republicano é a melhor opção para o cargo porque agrega mais do que João Lyra Neto (PDT), do ponto de vista eleitoral. Com Inocêncio na vice, Eduardo também facilitaria a eleição de alguns aliados para a Câmara Federal e Assembleia Legislativa, além de impedir possíveis defecções governistas na corrida pelo Senado. (Com informações da Folha de Pernambuco - Arthur Cunha)

Dilma chega a 35,7% e Serra a 33,2%, segundo pesquisa CNT/Sensus


A pré-candidata do PT à sucessão do presidente Lula, Dilma Rousseff, com 35,7% e José Serra, candidato do PSDB, com 33,2% dos votos, aparecem em empate técnico, de acordo com os números da pesquisa CNT/Sensus divulgada na manhã desta segunda-feira, 17, pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). 


Em outro cenário, porém, quando a pesquisa Sensus apresenta uma lista apenas com os nomes dos principais candidatos - Dilma, Serra e Marina - o ranking se inverte. O candidato do PSDB recebe, nesta situação, 37,8% das intenções de voto, batendo Dilma Rousseff, com 37% e Marina Silva, com 8%. O restante dos entrevistados votaria branco ou nulo.
Em janeiro deste ano, quando a CNT/Sensus apresentou esta mesma lista aos entrevistados, José Serra estava bem na frente da candidata do PT, com 40,7%. Dilma Rousseff recebeu, naquele mês, 28,5% das intenções de voto. Marina Silva havia ficado com 9,5%.
A 101ª. pesquisa entrevistou 2 mil eleitores, em 126 municípios de 24 estados. A margem de erro é de mais ou menos 2,2%.

Segundo turno
Se a eleição de outubro para presidente da República fosse decidida em segundo turno entre Dilma Rousseff e José Serra, a candidata petista venceria com 41,8% dos votos, contra 40,5% do ex-governador tucano. Isso é o que aponta pesquisa Sensus divulgada hoje pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). Com informações do Estadão.

CIDADES DO PAJEÚ SEM ESPAÇO NOS CEMITÉRIOS


Em Serra Talhada e Santa Terezinha, no Pajeú, a reclamação é de falta de espaço nos cemitérios públicos municipais. A população pede providências para ter onde cair morta...


Na primeira, o cemitério até está bem cuidado, como vemos no flagrante do Secretário do Povo, Evandro Lira, mas falta espaço para quem não quer mas vai ter que ir pra lá um dia.

Fim da campanha de vacinação contra a gripe "A"


Termina hoje a campanha de vacinação contra a infecção pelo vírus A em todo o Brasil. Nesta última fase, o foco é a imunização de adultos com idades entre 30 e 39 anos, mas também podem tomar a dose: gestantes e idosos com doenças crônicas.

Ao todo, contando também idosos, pacientes com doenças crônicas e crianças de seis meses a um ano e 11 meses, haviam sido aplicados 57 milhões de doses no País. A meta nacional é chegar a 70 milhões de pessoas vacinadas até o fim da campanha. 

VOX POPULI : EDUARDO 57 x 28 JARBAS

O instituto Vox Populi divulgou os resultados de uma pesquisa que trazem as inteçoes de votos para o governo do Estado de Pernambuco. A pesquisa realizada com milpessoas aponta o pré-candidato do PSB, Eduardo Campos, como favorito pelos eleitores na pesquisa de votos espontânea. A pesquisa foi divulgada no Jornal da Band desta segunda (17).

Espontânea : Campos obteve 31% das intenções de voto contra e 14% de Jarbas Vasconcelos (PMDB). Outros candidatos obtiveram índice de 1%. Além disso, 4% declararam que vão votar nulo, em branco ou não votarão em ninguém. E a metade dos entrevistados (50%) não sabe ou não quis responder. 

Na pesquisa estimulada, o candidato do PSB também liderou, com 57% das intenções. Jarbas Vasconcelos obteve índice de 28%, seguido por Kátia Telles (PSTU) e Edilson Silva (PSOL), com 1% cada. Sérgio Xavier (PV) ficou abaixo de 0,5%. Eleitores que votariam em branco ou nulo somam 4% da população entrevistada. E 9% não sabem ou não responderam. 

Em relação aos índices de rejeição, Jarbas Vasconcelos esteve em primeiro lugar no ranking, com 19%. Kátia Teles obteve 16%, Sérgio Xavier (PV) 13%, Edilson Silva (PSOL) 11% e Eduardo Campos (PSB) 7%.

A pesquisa foi registrada junto à Justiça Eleitoral, no TRE/PE e protocolada sob o nº 19.921/10, no dia 07 de maio de 2010. No Tribunal Superior Eleitoral foi protocolada sob o nº 11.306/10, no dia 10 de maio de 2010. A margem de erro é de 3,1 pontos percentuais para mais ou para menos, com intervalo de confiança de 95,0%.

Redação: Marielly Campos (www.eband.com.br)

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO