domingo, 22 de setembro de 2013

Adutora do Agreste inicia obras em Buíque e traz esperanças para população

Depois de vários dias anunciado em nosso blog, que a Adutora do Agreste passaria por nossa cidade, gostaríamos de informar que já é realidade. Já que nem todo mundo pode se deslocar de suas residências para acompanharem de perto o inicio das obras em Buíque, pudemos dar uma passadinha por lá e fotografar esse maravilhoso presente que contemplará nossa terra com muita água e foi iniciada na estrada que liga Buíque ao povoado Riachão.

Uma luta incansável do prefeito Jonas Camêlo, que tem sempre se preocupado com o bem estar dos buiquenses. Essa é mais uma de suas reivindicações ao Governo Federal. Assim como outras obras recém anunciadas que também estão em fase de execução. Para Jonas, cada pedra que se coloca em nosso município, é uma prova de que sua união com os cargos conferidos à pessoas competentes em seu governo tem surtido efeitos.


Efeitos estes, que já somam mais de 10 (dez) grandes obras iniciadas somente nestes 9 (nove) meses de governo. A exemplo disso, podemos acompanhar as execuções que através de parcerias com os governos Federal e Estadual como: Adutora do Vale do Catimbau, Escola Técnica, Pórtico na entrada da cidade, Receptivo Turístico, Quadras poliesportivas cobertas, limpezas de barragens e barreiros, reforma de estradas, implantação do sistema de esgotamento sanitários nos distritos, calçamento em 22 ruas, incluindo bairros, distritos, vilas e centro, construção do novo abatedouro público entre várias outras obras que estão por vir ainda este ano. Dando assim, mais conforto e qualidade de vida para a população buiquense.

Escritório de Advocacia Moraes Advogados participa de audiência no Procon Arcoverde contra o Banco do Bradesco

Audiência com o Procon e advogadas Marta Andrade e Mauricéia Andrade
Ao adquirirmos  um produto ou serviço, estabelecemos uma relação com o fornecedor, mesmo seja ela uma entidade publica ou privada, vale muito bem a pena lembrar que, esta relação implica o cumprimento de determinados direitos e deveres de ambas as partes.

Cientes de que o PROCON é uma designação simplificada dos órgãos municipais e estaduais  de defesa, cerca de 17 consumidores buiquenses  representados pelo escritório de advocacia Moraes Advogados, deram entrada na manhã deste sábado, (21), com uma ação contra o Banco do Bradesco sobre alegações e indícios de que a seguradora do mesmo banco não está cumprindo o que determina a lei nos seus contratos de seguro de vida, assinado pelas partes banco/cliente.

De acordo com uma das interessadas em receber um seguro de vida  assinado por seu marido, falecido á um ano e oito meses, mesmo enviando toda documentação solicitada pela seguradora, ela manda de volta  alegando sempre a falta de mais um. 


Cientes que o PROCON é um órgão  que matem uma relação mais próxima com os consumidores, gozando de grande credibilidade com a sociedade, os 17 consumidores estão sendo representados pelas competentes  Drª. Marta Andrade, que á advogada e Drª Mauricéia Andrade Bacharel em Direitos, que juntas, conseguiram através de seus conhecimentos como profissionais de suas áreas, marcar um primeiro encontro no PROCON Arcoverde aberto exclusivamente para esse fins, com Dr. Pierry representante  do Bradesco seguradora,  junto aos consumidores buiquenses, no intuito de trazerem uma solução para o caso acima sitado.

Buiquense é destaque em matéria de jornal em Ribeirão Preto-SP - Confira

Weber Sian / A Cidade
Carlos voltou a estudar com apoio da família e agora diz que tem uma vida melhor (foto: Weber Sian)
Uma força-tarefa, formada pelos governos municipal, estadual e federal, com o reforço da iniciativa privada, ajuda 7.100 alunos de Ribeirão Preto a desvendar os mistérios das palavras e dos números mesmo com uma idade já avançada. Eles fazem parte de alguns dos programas de alfabetização do município.
Um destes alunos é o pedreiro Carlos Antônio Correia, 52 anos, que há dois meses começou a frequentar o EJA (Educação de Jovens e Adultos) da escola municipal Dom Luiz do Amaral Mousinho.
A cada aula, Carlos se encanta ao aprender a ler e a escrever com mais facilidade. Ele é pernambucano e chegou a frequentar escola e até o antigo Mobral, na sua cidade natal, Buique, mas na época não dava importância ao estudo. “Quando a gente é novo só quer saber de namorar e mais nada. O interesse era pouco”, relembra.
Há quatro anos, Carlos chegou a Ribeirão e começou a ter necessidade de aprender mais. Ele sabia assinar o nome e conseguia ler algumas palavras, mas não era suficiente para ter uma vida boa na cidade. Casado pela segunda vez e com o apoio da nova esposa ele retomou os estudos.
“Gosto da escola porque é muito boa e minha mente, que era preguiçosa, agora está mais animada para leitura e escrever.”

A Secretaria Municipal de Educação oferece o EJA para quem tem mais de 15 anos. Em 2013, já foram atendidos 1.500 estudantes.
Para quem quer cursar os anos iniciais, de primeiro ao quinto ano, as matrículas podem ser feitas em qualquer período do ano. Do sexto ao nono ano, as inscrições são semestrais.
“O EJA dá oportunidade para os jovens e adultos se alfabetizarem e voltarem ao convívio escolar. É a classe que trabalha durante o dia e estuda à noite. O município realiza um trabalho interessante no sentido de ensinar a pensar e ter acesso ao conhecimento, portanto é significativo o trabalho nesta faixa etária e cada vez mais a gente abre as portas das escolas para que estas pessoas tenham acesso, inclusive a tecnologia”, diz Débora Vendramini, secretária de Educação. 

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO