terça-feira, 15 de outubro de 2013

Prefeito e Secretaria de Educação de Buíque enviam justas homenagens a todos professores do seu município.

Dia do professor. Muitas  palavras serão ditas, textos e mais textos serão escritos e nada mudará  muita coisa na profissão em termos de Brasil.

A Você  professor :
Demonstraremos o nosso reconhecimento e gratidão pela dedicação e comprometimento  no exercício de sua profissão.
Por que ser professor  é ter nas mãos  o mundo de amanhã, é acalentar sonhos  e mostrar o caminho para vida....

Toda nossa admiração  para aqueles que fazem do magistério  uma pratica por excelência, unindo o dom de ensinar com a arte de transformar , transmitido suas experiências  que grandemente  colabora para formação de nossos Buiquenses.
Professor Muito Obrigado!!!! Feliz dia do professor


Jonas Camelo Neto  
 (Prefeito )


Grayce Vaz
( Secretaria  M. de Educação)

Caso Thiago Farias: Ex-candidato à Prefeitura de Águas Belas, José Maria Pedro Rosendo, (foto), é apontado pela Polícia Civil como mandante do assassinato

Ex-candidato à Prefeitura de Águas Belas, José Maria Pedro Rosendo, o Zé Maria de Mané Pedo (foto), é apontado pela Polícia Civil como mandante do assassinato do promotor de Itaíba, Thiago Farias, morto na manhã de ontem (14) enquanto se dirigia de Águas Belas, onde mantinha residência, para o seu local de trabalho, no Fórum de Itaíba.

O carro usado no crime foi encontrado há pouco na fazenda do cunhado de José Maria, identificado por Edi Maci Ubirajara, que, neste momento, presta depoimento na Delegacia de Iati. Ubirajara é ex-presidiário e conhecido na região por ser o “braço direito” do suposto mandante do crime.

O motivo do assassinato envolveria uma disputa por cerca de 25 hectares de terra da Fazenda Nova, do ex-deputado Audálio Tenório.

A noiva do promotor assassinado, a advogada Mysheva Ferrão Martins, sobrinha de Audálio Tenório, teria herdado uma parte da propriedade em um leilão e, após adquirir os hectares e se tornar dona da maior parte da fazenda, quis expulsar José Maria, que, inconformado com a decisão, teria se negado a deixar a propriedade e acionou a justiça para tentar reverter o processo.

Fazendeiro é principal suspeito de mandar matar promotor

c19a5f1bded31f9e0f9ab0270403098aO fazendeiro José Maria de Paula é o principal suspeito de ser o mandante da execução do promotor de Justiça Thiago Faria Soares. O nome foi divulgado pelo chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Osvaldo Morais, na tarde desta terça-feira (15), durante o velório da vítima no Centro Cultural Rossini Couto, na Avenida Visconde de Suassuna, Recife. O sepultamento aconteceu as 17h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista.
20131015164014770906iSegundo a polícia, o suspeito seria um dos antigos donos da Fazenda Nova, em Águas Belas, no Agreste, uma área de 25 hectares, onde a vítima morava.
Thiago Soares, de 36 anos, foi encontrado morto com quatro perfurações de espingarda calibre 12 dentro de seu carro, um Hyundai, na rodovia estadual PE-300, no caminho entre a fazenda e o Fórum de Itaíba, onde trabalhava, na manhã dessa segunda-feira (14). Na hora da abordagem, ele estava com a noiva, a advogada Mysheva Freire Ferrão Martins, e do tio dela Adautivo Elias Martins.
20131015161447800871oUma força-tarefa foi montada para investigar o crime. Um suspeito foi detido, ainda na segunda, mas liberado por falta de provas.

Homem se suicida no Catimbau, Distrito de Buíque, PE



Na madrugada desta terça 15.10 no Distrito do Catimbau, município de Buíque, popular conhecido por Jarson,  embriagado se mata usando a própria ferramenta de trabalho, (uma Serra de Mármore) . O mesmo era pedreiro e se aproveitou da ferramenta em mãos para se suicidar. Conforme informações dos comentários de ruas o mesmo abriu a porta de sua residência e falou pra sua esposa que ia se matar, a esposa não acreditando em sua indagação só ouviu o barulho no quarto e um fluido como se fosse de uma torneira derramando água, quando foi se dar de conta viu o esposo com o pescoço rolado no meio espanando sangue.

Fenelon minimiza especulações sobre família da noiva

O procurador-geral do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Aguinaldo Fenelon, disse há pouco, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista (Região Metropolitana do Recife), onde está sendo sepultado o corpo do promotor de Itaíba, Thiago Farias, assassinado na manhã de ontem (14) com tiros de espingarda calibre 12, que o mais importante, no momento, não é tecer especulações sobre a idoneidade da família de Mysheva Ferrão Martins, noiva do promotor, mas concentrar forças para encontrar os culpados pelo crime.
Questionado sobre a ausência de Mysheva, Fenelon disse que a advogada precisou ser levada para uma unidade de saúde para ser melhor avaliada. No velório, Mysheva, muito abalada, precisou ser amparada por familiares.
O sermão do padre responsável pela condução da cerimônia no Morada da Paz encerrou-se neste momento. O corpo do promotor deve ser enterrado nos próximos minutos.

CORPO DO PROMOTOR ESTÁ SENDO VELADO NO RECIFE - Esta matéria contém "CENA FORTE"


AGORA - Começa velório do promotor de Itaíba Thiago Faria Soares

Começou por volta das 11h30 desta terça-feira, no Centro Cultural Rossini Couto, na Avenida Visconde de Suassuna, bairro de Santo Amaro,o velório do promotor Thiago Faria Soares, assassinado na manhã de ontem. O corpo foi recebido no local por poucas pessoas, que já aguardavam o início da cerimonia. Entre os presentes, duas ex-alunas, dois tios da vítima e ainda a promotora de Urbanismo Isabela Bandeira.
O velório deve ser realizado até as 16h. O sepultamento será realizado às 17h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista.
O corpo do promotor foi liberado na manhã desta terça-feira do Instituto de Medicina Legal (IML), após a realização dos exames de necropsia, necessários para a investigação do crime. 
JÁ BASTA!!!
Este jovem promotor de 36 anos, Thiago Faria de Godoy Magalhães, acreditava na justiça, defendia seus ideais e lutava por um mundo melhor. Titular da Promotoria de Itaíba, em Pernambuco, se dirigia ao trabalho na manhã de ontem, ao lado da noiva, quando dois bandidos o cercaram e o assassinaram. Dispararam 20 tiros e mataram até sua alma. O jovem e belo rapaz ficou reduzido a isso que vemos na foto ao lado.
E nós perguntamos: o crime triunfou? Devemos desistir? Vale a pena dar direitos, e direitos humanos, a bandidos e criminosos?
Por mais que a cena choque, deve ser exibida e espalhada. Chega de ter pena de criminoso, de bandido que tira a vida de um jovem cheio de ideais e de futuro porque acredita que no Brasil tudo fica por isso mesmo.
O sangue desse garoto precisa ser enxugado com as lágrimas da revolta, do protesto e do grito de chega! Basta! Assim também já é demais!

Homem comete suicídio em Arcoverde

Um suicídio foi registrado nessa segunda-feira (14), na Rua Petronila Jê, no bairro São Geraldo em Arcoverde. Segundo a polícia, um vizinho conseguiu ver o corpo de José Souza da Silva, 44 anos, conhecido por “Caetano” pendurado por uma corda no pescoço e totalmente despido no muro da residência da vítima.









Ainda segundo a polícia, José teve uma discussão com a companheira, que o abandonou no último domingo. Ele chegou a contar para o vizinho que iria se matar. O corpo foi removido para o Instituto de Medicina Legal em Caruaru.

Carro blindado para os promotores e detalhes da morte do promotor

Carro blindado para o MP
A Polícia e o Ministério Público estadual prometem para hoje elucidar o assassinato do promotor Thiago Farias Godoy, 36 anos, ontem, em Itaíba. Seja qual for esse desfecho, o debate que se abre agora é quanto às condições de trabalho do MP no Estado.
É inadmissível, por exemplo, que um promotor atuando numa região conflituosa como a de Itaíba e Águas Belas, cidades-irmãs e extremamente violentas, não tenha seguranças nem tampouco um carro blindado.
Isso seria o mínimo de segurança que o poder público poderia oferecer. Doutor Godoy, um carioca boa pinta, que chegou ao Estado e aqui se revelou como excelente professor de Direito Cível, foi alvejado com dois tiros de espingarda 12 quando se dirigia para o fórum do município de Itaíba.  
A Polícia trabalha em duas linhas de investigação, segundo revelou ao blog o procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon. Que não quis, entretanto, adiantar nenhuma delas.
O crime, uma das manchetes do Jornal Nacional, da TV-Globo, teve grande repercussão no País, não só pela sua brutalidade, mas também pela sua forma e pela falta de informação da Polícia.
Uma força-tarefa envolvendo a policia civil, a polícia de inteligência e o MP trabalha no caso prometendo seu desfecho para hoje. O episódio acendeu uma luz amarela no MP.
No Interior, especialmente nos grotões do Sertão, têm muitos promotores e juízes temerosos, alguns inclusive já andando com segurança particular, tudo porque não recebem dos poderes públicos a segurança necessária para o exercício tranquilo da profissão.                  
A PISTA DA NOIVA– Tão logo chegou, ontem, de Itaíba, o procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, foi ao gabinete do governador Eduardo Campos para relatar o que viu e colheu na sua ida ao local do crime. Em Itaíba, Fenelon teve uma longa conversa com a advogada Mysheva Ferrão Martins, noiva da vítima, que estava no carro, mas nada sofreu. A linha de investigação da polícia está em cima do depoimento dela.  
Investigação federal– 
Durante o encontro com o procurador-geral de Justiça, o governador Eduardo Campos ligou para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que designou três procuradores e dois conselheiros para atuarem conjuntamente nas investigações do assassinato do promotor Thiago Farias Godoy.

Sem impunidade– “Já temos algumas linhas de investigação, que vão ser aprofundadas nas próximas horas”, disse, ontem, o governador Eduardo Campos ao tratar do assunto numa coletiva com a Imprensa. Segundo ele, não haverá impunidade. “As instituições vão dar resposta a esse bárbaro crime”, acrescentou.
Apoio federal- O secretário de Defesa, Wilson Damázio, disse que as linhas investigativas do crime do promotor de Águas Belas são as mais variadas como se deve fazer numa apuração. “Pernambuco vai responder. O sistema de Justiça está unido nesse momento aqui e recebemos o apoio do MP Federal e todo o sistema nacional de segurança”, afirmou.
Em Itaíba – 
Se dependesse da família que mora no Rio, o sepultamento do promotor seria realizado na capital carioca. Mas a noiva da vítima, em conversa com o procurador-geral de Justiça, Aguinaldo Fenelon, acertou para ser em Águas Belas, onde ele morava.Thiago e Ferrão estavam com casamento marcado para 1 de novembro.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO