sábado, 8 de novembro de 2014

Em Olinda, candidata do Enem morre minutos após chegar ao local de prova

Mulher passou mal e chegou a ser atendida pelo Samu, mas não resistiu.
Segundo o marido dela, causa da morte foi um AVC hemorrágico.

Do G1 PE
SÁBADO (8) - RECIFE (PE) - Colégio Santa Emília, onde candidata do Enem passou mal e morreu antes de começar a prova (Foto: Anna Tiago / G1)
Colégio Santa Emília, onde candidata do Enem passou mal e morreu antes de começar a prova (Foto: Anna Tiago / G1)









Uma mulher de 31 anos que faria o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) morreu no local de prova, neste sábado (8), em Olinda. Ela estava acompanhada do sobrinho e passou mal poucos minutos após entrar no Colégio Santa Emília, no bairro de Jardim Atlântico. Os seguranças do prédio ainda acionaram o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que chegou ao local em dez minutos e realizou os primeiros socorros, mas a candidata não resistiu.
Como o colégio possui duas unidades no mesmo bairro, inicialmente a mulher teria se dirigido ao prédio errado. Ao perceber que se enganou, saiu correndo e acabou desmaiando no portão do local onde, de fato, iria fazer a prova. Funcionários do colégio ainda a ajudaram a retomar os sentidos, mas não tiveram sucesso. A mulher era comerciante e morava no bairro de Águas Compridas, também em Olinda. De acordo com o marido, ela teve um AVC hemorrágico.
“Ela estava correndo e, assim que entrou, passou mal, no portão da escola. O Samu ainda atendeu, mas ela não resistiu. Foi muito triste”, disse a comerciante Rosane Nunes, que trabalhava em frente ao colégio no momento do ocorrido.
Segundo testemunhas, o sobrinho da mulher ficou em estado de choque. As provas no Colégio Santa Emília foram aplicadas normalmente. O corpo da candidata de 32 anos foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) do Recife, no bairro de Santo Amaro, região central da capital pernambucana.

Em nota, o Ministério da Educação lamentou a morte da candidata e se solidarizou com a família dela.

Leia abaixo a íntegra da nota:
O Ministério da Educação (MEC) lamenta profundamente a morte da participante do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014 Edivania Florinda de Assis, ocorrida neste sábado, 8, em Olinda, no Colégio Santa Emília, onde faria as provas. Nesta oportunidade, o MEC se solidariza com a sua família.

TV Tribuna (BAND) já está no AR através do canal 5 em Buíque

Neste dia 07 de novembro, mais uma vez a população buiquense passou a contar com o sinal de retransmissão da TV Tribuna, afiliada da Rede Bandeirante de Televisão no estado de Pernambuco. Os técnicos da emissora foram acionados e o sinal da emissora já pode ser sintonizado no município pelo Canal 05 em UHF. Para tanto o prefeito de Buíque, Jonas Camêlo fez questão de ordenar ao setor responsável para que tomasse o pronto restabelecimento do sinal da emissora juntamente com a equipe técnica da TV Tribuna.

“Com o restabelecimento do sinal da TV Tribuna, os telespectadores dispõe de maior entretenimento e informação no cotidiano e notícia regional, principalmente com a cobertura dos principais eventos esportivos do país, pois a TV Bandeirantes foi pioneira neste segmento”, explica o prefeito de Buíque, Jonas Camêlo.

A Band começou a investir mais no segmento esportivo a partir de 1983, com a estréia do “Show do Esporte”. A maratona de transmissão de competições aos domingos fez enorme sucesso, e logo a emissora se consagrava como o “Canal do Esporte”. A Band abriu espaço para os mais variados gêneros esportivos atualmente a emissora vem consolidando no segmento televisivo com os irreverentes programas humorísticos CQC “Custe o Que Custar e Agora é Tarde”, além dos programas jornalísticos e entretenimento regional que a TV Tribuna dispõe todos os dias.

Atualmente o município de Buíque conta com os seguintes canais de TV abertos: canal 5 (TV Tribuna) Band,  canal 7 (TV Asa Branca) Globo, canal 9 (TV Novo Tempo) Igreja Adventista, canal 11 (TV Jornal) SBT, canal 13 (TV Brasil) Igreja Assembléia de Deus.


Nós estamos trabalhando a cada dia para que o sinal de TV existente no município seja cada vez melhor pois, apesar de quase toda a população já ter uma antena parabólica ou TV a cabo, aproximadamente 35% da população buiquense são telespectadores da TV analógica e dos canais locais.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO