ADQUIRA JÁ SEU CHÃO

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Em Buíque familiares e amigos preparam o funeral para uma domestica viva que foi dada por morta pelos funcionários do Hospital Mestre Vitalino em Caruaru

Um desencontro de informações, entre  o Hospital Mestre VItalino  de Caruaru e familiares de uma paciente Buiquense, além de chamar a atenção  acabou causando dores e sofrimentos  para amigos e familiares da jovem  Irani Maria de Araújo,  com 21 anos de idade, casada mãe de um filho residente no Bairro Frei Damião em Buíque.

De acordo com as informações, a jovem conhecida por Renata, sobrinha de um ex  vereador  no início da manhã da ultima segunda-feira(06) ao ingerir um comprimido acabou passando muito mal, socorrida a Casa de Saúde Senador Antônio Farias , devido as complicações e seu estado de saúde  foi transferida para o Mestre Vitalino onde ficou internada.

Como toda paciente que sai de Buíque para outro hospital necessita de um acompanhante, neste caso , quem acompanhou  a jovem Renata foi sua mãe, até ai tudo bem.

Haja visto a necessidade de retornar a sua residência, após deixar sua filha internada, quando  já estava próximo a Buíque, a mulher recebeu um telefonema do hospital comunicando que a paciente tinha  agravado o quadro de saúde e entrado em óbito .
Desesperada com a suposta perca da filha, a mãe de Renata em prantos começou  á comunicar  o fato ocorrido, inclusive providenciando  toda logística do funeral  e  translado  de Caruaru a Buíque.



Preocupados com o sepultamento que já tinha local e horário para acontecer, quando  um amigo pessoal  chegou em no Hospital para tomar as providencias necessárias descobriu que;   o estado de saúde da paciente dada como morta pelo Hospital, estava melhorando e que a mesma mais viva do que nunca para felicidade dos familiares e amigos se encontrava  internada se recuperando.

Com informações: Giro Social B

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO