sexta-feira, 21 de junho de 2019

Após falta d’água por mais de 20 dias no Povoado Boqueirão, equipes da prefeitura identificaram ato de desvio e entupimento de cano da adutora que leva água para aquela comunidade.


Após falta d’água por mais de 20 dias no Povoado Boqueirão, equipes da prefeitura identificaram ato de desvio e entupimento de cano da adutora que leva água para aquela comunidade.



Em recente vídeo postado pelo prefeito da cidade de Tupanatinga, Silvio Roque, foi identificado um ato de maldade praticado por pessoas nas imediações do sitio Prazeres, zona rural de Tupanatinga, onde constatou-se que um dos canos que leva agua ao povoado Boqueirão teria sido adulterado e inserido um registro para redução da vazão de agua, o que consecutivamente, ocasionou o entupimento e a falta d’água por mais de 20 dias no povoado e na região.

O registro foi removido, a encanação substituída e agora o povo do Boqueirão alegram-se aliviados e agradecem ao prefeito por terem o problema da falta d’água resolvido.

O povoado Boqueirão fica localizado a 14 km da sede e é conhecido por ser uma das regiões mais carente do município de Tupanatinga. Um dos atos e promessas de campanha do atual prefeito Silvio Roque, foi a implantação da adutora, a qual foi cumprida e leva água a centenas de famílias do povoado mata verde, lingando pelas vicinais de acesso até o povoado Boqueirão.





Em Sessão na Câmara de Tupanatinga dois Vereadores se destacam pelo voto de consciência



Na 10ª Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Vereadores de Tupanatinga/PE, a população assistiu não só ao pedido e requerimento do Legislativo como de costume, mas sobretudo aos princípios éticos expostos por dois Vereadores que se destacaram pelo voto consciente ao que é correto e ético, votando pelo bem da população e pelo desenvolvimento do município.

Sabendo que o pedido de Requerimento Nº 38/2019 que pedia a instauração da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) contra o Prefeito do município Silvio Roque não tinha razão de ser, dos 11 Vereadores presentes, dois não se omitiram aos anseios da população e se puseram contrários ao requerimento, mesmo quando em outras votações estiveram em desacordo com o Poder Executivo, os vereadores Aurinho de Dadá e Neném da Baixa Grande, mostraram que votam de livre consciência ao processo democrático e analisam fatos com base em veracidade.

O Vereador Aurinho de Dadá ficou conhecido desde que ganhou as eleições para Conselheiro Tutelar e prestando excelentes serviços à comunidade, o que levou o então conselheiro ao seu primeiro mandato no Legislativo. O vereador está desenvolvendo um trabalho em paralelo ao progresso de Tupanatinga e de forma ética se declarou contrário a abertura de CPI, já que sem os fundamentos necessários para tal procedimento só atrapalharia o governo a concluir obras que poderão prejudicar a população do município.

Com o mesmo pensamento, o vereador Neném da Baixa Grande, em seu segundo mandato, também se destacou ao informar que seu voto é contrário a abertura da CPI. Por desenvolver trabalhos humanitários na comunidade, o vereador se consolida como uma força que traz em si ética e respeito a população de Tupanatinga.

Por tratar de fatos indeterminados no requerimento em que nada está claro e que os pedidos não se adequam a própria lei, ferindo os requisitos exigidos na própria Constituição Federal/1988, não se admira uma votação em que votos de livre e espontânea consciência se destaquem, pois em todos os momentos a Prefeitura de Tupanatinga está aberta as solicitações e requerimentos de qualquer órgão ou cidadão. De forma civilizada, todas as equipes do Poder Executivo estão empenhadas em esclarecer quaisquer informações a respeito dos trabalhos que estão sendo executados e transfere esclarecimentos do ponto de vista judicial ao departamento jurídico do município que está tomando as medidas cabíveis aos acontecimentos.

Cordialmente, o Prefeito Silvio Roque agradeceu nessa última semana o apoio de todos e diz estar tranquilo em face de qualquer eventualidade, principalmente quando encontra sensatez e ética no meio político, mesmo que de forma mínima, pois ainda assim é o que lhe dá forças para continuar desenvolvendo o município. “Estarei sempre à disposição, trabalharei mais ainda pelo desenvolvimento e buscarei com ética preservar aqueles que mais precisam do poder público, onde tenha um que vote pela sua consciência, sem interesses políticos, ali ainda me fará acreditar que vale a pena seguir trabalhando por quem mais necessita”, disse o Prefeito.

Com informações: blog do Ricardo Resende
Texto: Amanda Sampaio

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO