sexta-feira, 7 de junho de 2013

Secretária de Saúde presta esclarecimentos na Câmara de vereadores

Numa das mais longas reuniões da câmara de vereadores nesta quinta feira (06) , atendendo a solicitação  dos vereadores Anísio de Dedé e Vanildo Almeida (Dodó), a Secretaria  Municipal de Saúde do município, Fernanda Camelo  chegou no plenário da casa Jorge Domingos Ramos  pronta para repassar todas as informações pertinentes de sua pasta aos 13 vereadores, principalmente aos mais interessados, Anísio e Dodó que não compareceram a reunião.

Justificando a ausência do vereador Dodó, um atestado médico foi entregue  ao presidente do poder legislativo, André de Toinho,  enquanto  Anísio, ainda ao se sabe o motivo da sua ausência.
Com o plenário totalmente lotado entre funcionários e população que foram assistir  a reunião, Fernanda Camelo foi convidada a fazer o uso da palavra para dar explicações sobre a saúde no município.
Com uma pasta na mão  na qual contendo copias de ofícios do Tribunal de Contas ,e outros , mais preparada do que  nunca e com certeza do que estava falando,  Fernanda Camelo  além mostrar em gráficos exibidos em telão a atual situação na saúde no município, também  mostrou copias de  jornais e revistas com reportagens sobre a saúde no país.

Quando  indagada  por alguns dos vereadores sobre a  situação da casa de saúde Senador Antônio Farias, com falta de médicos e medicamentos Fernanda foi bem incisiva, além de mostrar uma copias de ofícios do TC, admitiu a falta de remédios mas justificou com a seguinte frase.  “Comprar  remédios requer muito cuidado,precisa-se de licitação e no inicio do ano todos vocês aqui são cientes que o processo foi diferente , é inicio de tudo até por que é um novo mandato  do prefeito mesmo tendo sido reeleito tem que se começar tudo de novo”.

Depois de ter mostrado ponto a ponto e respondido uma sabatina de  perguntas feitas pelos vereadores Fernanda foi aplaudida e elogiada, já no finalzinho da reunião ao usar a tribuna o vereador Damião Tomé solicitou a mesa diretora da casa que a próxima a ser convidada seja a Secretária de Educação, Srª. Greyce Vaz, para também prestar alguns esclarecimentos ao público. 

Famílias de 36 vítimas de acidente na BA participam de audiência em Buíque/PE

Amigos e familiares das 36 vítimas de um acidente entre um ônibus e dois caminhões próximo à cidade de Brejões, na Bahia, em dezembro de 2011, participam de uma audiência pública na quinta-feira (7), na cidade de Buíque, no Agreste de Pernambuco, destino final dos trabalhadores naquele dia. Durante o encontro, as advogadas Marta Andrade e Mauricéa Morais, que representam as famílias apresentaram uma proposta de indenização. Até hoje, ninguém recebeu nada.
A empresa de transporte coletivo não mandou representante, apenas advogados da seguradora estiveram presentes. O valor total da proposta não foi divulgado, mas a lei diz que a quantia não pode ser superior a R$ 2,6 milhões.
Os advogados da empresa pediram um tempo para avaliar a proposta. “Um prazo para que pudéssemos nos posicionar a respeito da proposta feita pela advogada dos autores. Tentaremos cumprir esse prazo sem maiores alongamentos. O quanto antes traremos uma proposta”, afirmou o advogado da seguradora, Walter Barros. Em 20 dias a resposta deve ser passada para a Comarca de Buíque.
Já a advogada das vítimas, Mauricéia Morais, acredita no acordo. “Espero que eles também estejam sensibilizados a entender que estas famílias estão dilaceradas pela perda dos entes queridos”, afirmou.

O juiz de Buíque, Rafael Medeiros, explica como terminou a negociação. “Ambas as partes pediram diligências, pediram determinados documentos que podem ser relevantes para o julgamento final da causa. Não havendo acordo, o passo final é cumprir as diligências e abrir uma nova oportunidade para que atores e a seguradora se manifestem”, disse.
 

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO