quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Alunos que participaram do PROERD conclui curso e recebe seus certificados em Buíque.

A policia Militar de Pernambuco, através do 3º BPM de Arcoverde entregou na tarde desta da ultima quinta-feira, na Escola Engenheiro Kleysson em Buíque, centenas de certificados para os alunos que participaram  do PROERD, (Programa Educacional  de Resistência ás Drogas  e Violência.


Esta ação promovida pela  PMEP que, preventivamente  exclui a possibilidade de crianças e adolescentes  se envolverem com as drogas no município. Em Buíque  essa é a primeira vez que se tem uma ação tão importante direcionada as crianças e os adolescentes, principalmente quando a cidade vive um momento de crescimento  com jovens cada vez mais sendo induzidos a usarem drogas principalmente no bairro Frei Damião, onde o fluxo é maior. Na cerimônia de entrega, além da ilustre presença de João Evangelista dos Santos que é gestor de prevenção e articulação comunitária- GPAC, também se fizeram presentes a vice prefeita do município, Miriam Briano e, ainda varias outras personalidades e instrutores pertencentes a Policia Militar.

TESTES EM TRECHO DA ADUTORA DO PAJEÚ SÃO RETOMADOS. ENTENDA O QUE HOUVE

ADUTORA 2
A partir do meio-dia desta quarta-feira serão retomados os testes no trecho da Adutora do Pajeú. A obra, executada pelo Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs), vai reforçar, neste primeiro momento, o abastecimento de água das cidades de Serra Talhada, Calumbi, Carnaíba, Quixaba, Afogados da Ingazeira e Tabira, no Sertão do Pajeú.
Os testes iniciais foram interrompidos devido a existência de tubos de ferro passando por baixo da linha de alta tensão da Chesf. Por uma questão de segurança, a Chesf recomendou que a Compesa usasse tubos de fibra no lugar dos metálicos para evitar a criação de um campo magnético que pudesse interferir na linha de transmissão de energia. O serviço foi concluído pela Compesa na segunda-feira passada.
Os técnicos da companhia estão aguardando a secagem do concreto dos blocos de apoio da linha para reiniciar a operação. A Compesa é a responsável pela operação da Adutora do Pajeú, que tem 200 quilômetros de extensão. A previsão é voltar a abastecer as cidades de Serra Talhada, Calumbi, Carnaíba e Quixaba e estar em condições de abastecer também as cidades de Afogados da Ingazeira e Tabira, com água do Rio São Francisco, até quinta-feira.

Três pessoas são presas por saque fraudulento de precatório em Caruaru

Segundo a polícia, suspeitos foram presos após sacarem R$ 32 mil.
Eles teriam falsificado um documento para receber dinheiro no lugar do titular.


ILUSTRAÇÃO
A Polícia Federal prendeu em flagrante na manhã desta quarta-feira (27) dois homens e uma mulher suspeitos de realizar um saque fraudulento de precatório na Caixa Economica Federal, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. A prisão foi efetuada quando os três saíam da agência após terem sacado a quantia de R$ 32 mil. Uma outra pessoa envolvida conseguiu fugir.
(Errata: inicialmente a Polícia Federal informou que a ação do trio aconteceu em uma agência do Banco do Brasil. Entretanto, a PF retificou a informação e esclareceu que o crime ocorreu na Caixa Economica Federal de um shopping da cidade.)
Segundo a polícia, dois dos suspeitos seriam de Goiás e teriam falsificado a documentação para receber o precatório no lugar do titular que seria beneficiado. O precatório é um benefício concedido pelo governo a quem ganha uma ação judicial.
Os três detidos estão sendo ouvidos na delegacia da Polícia Federal em Caruaru. Os homens devem ser encaminhados à Penitenciária Juiz Plácido de Souza. Já a mulher será levada para a Colônia Penal Feminina de Buíque, também no Agreste. Eles devem responder pelos crimes de falsificação de documento, saque fraudulento e formação de quadrilha.

Trio acusado de canibalismo em PE não tem problemas mentais

Trio acusado de canibalismo em PE não tem problemas mentais
 O trio acusado de canibalismo em Pernambuco, Jorge Beltrão Negromonte da Silveira, 51, Isabel Cristina Pires da Silveira, 52, e Bruna Cristina de Oliveira da Silva, 26, não tem problemas mentais. É o que atesta o laudo da equipe do HCTP (Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico), localizado em Itamaracá (região metropolitana do Recife).


O caso de canibalismo foi descoberto pela polícia de Garanhuns, que investigava o uso de documentos e cartão de crédito no nome de Jéssica Camila da Silva Pereira, 17, que desapareceu em 2008, em Olinda (PE). Bruna Cristina estava usando o nome de Jéssica em compras em Garanhuns.


Na casa que os três acusados de canibalismo moravam, em Garanhuns, foram encontrados restos mortais e eles confessaram que faziam rituais com os corpos das vítimas.


Com o resultado, a juíza da Vara do Tribunal do Júri de Olinda, Maria Segunda Gomes, já remeteu cópias do laudo para serem incluídas no processo e os três vão a júri popular. A data do julgamento em Olinda deverá ser confirmada nos próximos dias.


Segundo o TJPE (Tribunal de Justiça de Pernambuco) a avaliação psiquiátrica foi solicitada pela defesa dos acusados e com este resultado os réus não poderão contestar que não tem problemas mentais. Eles alegavam que tinham problemas de esquizofrenia.


Segundo a avaliação da equipe do HCTP, quando os três acusados assassinaram, esquartejaram e praticaram canibalismo com o corpo de três vítimas eles estavam em pleno gozo das faculdades mentais.


O resultado saiu no último dia 22 e foi remetido a Justiça para ser anexado aos processos contra os acusados de canibais.


O trio responde por duas ações – uma na cidade de Garanhuns, onde foi preso, e outra em Olinda, onde uma das vítimas desapareceu. O processo em Garanhuns corre em segredo de Justiça. Já o de Olinda, a Justiça está repassando algumas informações.


Os réus estão presos desde abril de 2012. Negromonte está no Complexo do Curado, em Recife. As duas mulheres estão presas Colônia Feminina de Buíque (a 280 Km de Recife).

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO