sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Morre o último combatente do cangaço das forças voltantes de Nazaré


Tenente João Gomes de Lira, na época do cangaço
Tenente João Gomes de Lira, na época do cangaço
Carlos Alberto Jr. -  Repórter
O último representante vivo do combate ao Cangaço na região Nordeste, João Gomes de Lira, faleceu na noite de quarta-feira aos 98 anos de idade, vítima de edema pulmonar. O primeiro-tenente reformado da Polícia Militar (PM) de Pernambuco entrou para a PM em 16 de julho de 1931, aos 17 anos, e logo integrou a volante que perseguiu Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião, pelas caatingas daquele Estado.
Nascido em três de março de 1913 e natural da cidade de Floresta, município do Sertão pernambucano, ele era, até então, o policial militar mais velho integrante dos quadros da Corporação. O 1º tenente reformado faleceu no Hospital da PM de Pernambuco. Seu corpo será sepultado às 9h30 de hoje, no distrito de Nazaré pertencente à cidade de Floresta. O ex-volante da PM era viúvo e deixou vivos, 11 dos 12 filhos que teve.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO