domingo, 17 de novembro de 2013

Municípios pernambucanos recebem prêmio do Selo Unicef 2009/2012 e Buíque entra na lista para 2013/2016

 
 
Na ultima quinta-feira, 14 de novembro, aconteceu a solenidade de entrega do Selo Unicef – Município Aprovado edição 2009 - 2012, no Centro de Convenções em Olinda-PE. O evento contou com a presença do Governador Eduardo Campos, da cantora Fafá de Belém “Amiga da Criança Unicef” e demais autoridades do Estado. Na oportunidade Eduardo Campos anunciou o título do Selo 2013 – 2016 com o tema “Eu e meu município crescendo juntos”. Ao todo 31 municípios receberam o título ganhando também uma unidade móvel para a saúde.

Na oportunidade recebemos o convite para também representarmos o município de Buíque, onde na ocasião levamos o termo de adesão da edição 2013/2016 devidamente assinado pelo prefeito Jonas Camêlo e por mim, que sou presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDDICA), do nosso município. A partir desta adesão estaremos junto a Prefeitura Municipal, a Secretaria de Assistência Social, Secretaria de Educação e Secretaria de Saúde, trabalhando um futuro melhor para nossas crianças e adolescentes.

Quem também esteve recebendo o prêmio foram os representantes da nossa vizinha cidade Arcoverde, o deputado Estadual Júlio Cavalcanti, o seu irmão e ex-prefeito Zeca e a atual prefeita Madalena Brito. Também pudemos fotografar o prefeito da cidade de Sertânia Guga Lins, que também foi premiado no evento.


O Selo funciona como um incentivo do Fundo das Nações Unidas para Infância (Unicef) para que os municípios se empenhem na gestão de políticas públicas que favoreçam as crianças e adolescentes de suas cidades.

"Trabalhar pelas nossas crianças e adolescentes deve ser prioridade para todo e qualquer gestor, seja em que esfera de poder for. E Buíque não poderia ficar de fora. Por isso, vamos mobilizar toda a nossa equipe em busca de conquistar esse selo que, sem dúvida, funcionará também como um motivador para a melhor prestação do serviço público", afirmou o prefeito Jonas Camêlo.

Prestígio

O Selo Unicef Município Aprovado foi criado em 1999 pelo escritório do Unicef para o Ceará e Rio Grande do Norte. Os premiados recebem o selo a cada três anos. Em dezembro do ano passado, vários municípios pernambucanos conquistaram a aprovação do Selo, que pode ser usado em peças publicitárias, prédios públicos e material escolar, sendo vetada apenas a utilização em ações políticas. Muitos municípios utilizam o destaque do Unicef como forma de conseguir empréstimos e verbas federais e estaduais.
De acordo com a organização do projeto, cada município inscrito é estimulado a melhorar seus índices nos indicadores e a evoluir, a cada edição, em relação aos índices anteriores. Este ano os municípios contemplados foram:

1. Afrânio
2. Agrestina
3. Alagoinha
4. Aliança
5. Angelim
6. Arcoverde
7. Bezerros
8. Cabrobó
9. Caruaru
10. Correntes
11. Glória do Goitá
12. Granito
13. Gravatá
14. Itacuruba
15. Itapetim
16. Jucati
17. Jupi
18. Limoeiro
19. Pedra
20. Petrolândia
21. Petrolina
22. Riacho das Almas
23. Salgueiro
24. Santa Terezinha
25. São Caitano
26. São José do Egito
27. Serra Talhada
28. Sertânia
29. Tabira
30. Tacaratu
31. Triunfo

Condenados ainda terão que pagar R$ 27 milhões

Além da prisão, os condenados no processo do mensalão vão ter de se preocupar com o bolso. São R$ 27,27 mi-lhões de multa, em valores atualizados, a serem pagos por 16 dos 25 réus. Eles não têm mais o direito de recorrer contra todas ou algumas de suas condenações. Assim, a execução da pena começa já nesta semana. O valor exato da multa ainda vai ser calculado pela Contadoria do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), e pode mudar.

O GLOBO chegou à estimativa de R$ 27,27 milhões usando uma ferramenta disponível no site do tribunal, que permite fazer a correção dos valores desde a época em que os crimes aconteceram. A correção monetária fez a multa aumentar nominalmente em quase dois terços em relação aos valores de 2003, 2004 e 2005, anos em que os fatos ocorreram.
Sem a correção, as multas somadas dos 16 condenados chegam a R$ 16,46 milhões. As condenações — tanto de prisão quanto de multa — foram aplicadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Mas não houve definição do valor nominal. No caso do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, por exemplo, o STF estipulou apenas que a multa seria igual a “260 dias-multa, no valor de 10 vezes o salário mínimo vigente à época do fato”.

Isso é uma vergonha para nosso país.Filho de prefeito esbanja dinheiro em uma das cidades mais pobres de Alagoas

O município de Olivença, sertão alagoano entrou na lista dos 50 piores municípios em Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil, além de sofrer com a seca de região, falta de água entre outros problemas que enfrentam as cidades mais pobres do Estado. Enquanto isso, uma foto que circula na cidade, mostra o filho do prefeito Jorginaldo Vieira, que tem o mesmo nome do pai, esbanjando dinheiro na cintura e nas mãos, gerando a revolta de populares sertanejos.

A foto em preto e branco mostra o filho do prefeito, que também se chama Jorginaldo Vieira, com várias notas de R$ 50 na cintura e nas mãos, mostrando uma realidade financeira bem diferente da encontrada no município sertanejo.

Segundo um popular que preferiu não se identificar, os números da cidade não refletem de fato a situação do município. “Além de sofrer com a triste realidade de ser um dos municípios mais pobres de Alagoas, a população de Olivença é obrigada a aturar demonstrações de humilhação e ousadia, vindas do filho do prefeito Jorginaldo Vieira, no mínimo contraditórias com a atual realidade social”, afirmou.

O morador da cidade é uma espécie de porta-voz de parte da população que de fato se incomoda com a situação do município e o descaso do poder público. “ A foto mostrada é espantosa e desrespeita o povo sofrido do sertão, que em meio a tantas deficiências históricas ainda tem que se deparar com tamanha falta de sensatez e bom senso”, criticou.

TOME UMA ATITUDE CONTRA O MOSQUITO

CONFIRA FOTOGRAFIAS DE UMA DAS SETE MARAVILHAS DE PERNAMBUCO